Fechar
GP1

Saúde

Governo declara emergência zoossanitária por causa de gripe aviária

Serão 180 dias de emergência por conta do aumento de casos de gripe entre as aves silvestres.

O Governo Federal declarou estado de emergência zoossanitária em todo o país por conta do aumento de casos de gripe aviária entre aves silvestres. A decisão foi publicada na noite dessa segunda-feira (22) no Diário Oficial da União e prevê 180 dias de emergência em todo território nacional.

A doença foi detectada em oito animais em todo o país, sendo sete desses no Espírito Santo e um no Rio de Janeiro. Todos os casos registrados até o momento são em animais silvestres e nenhum em aves de consumo ou em humanos. De acordo com a pasta, a medida tem como objetivo barrar o avanço da Influenza Aviária (H5N1) em animais comerciais e de subsistência.

Com a declaração do estado de emergência, o governo consegue busca destinar verbas para combater a doença e criar ações mais rápidas. A portaria também prorroga o período de proibição de Feiras e eventos que causam aglomeração de qualquer tipo de ave. Recomenda-se também que a população não remova aves mortas ou doentes.


A transmissão da doença de animais para a pessoas não ocorre pelo consumo da carne das aves ou dos ovos e sim por meio do contato direto com esses bichos infectados, eles estando doentes ou mortos. Caso encontre com esses animais, recomenda-se que notifique um serviço veterinário local ou notifique por meio do site e-Sisbravet.

Com informações da repórter Rauena Pinheiro

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.