Fechar
GP1

Saúde

Piauí realizou 7.398 exames de testagem e registrou aumento de 16,8%

Aumento é fundamental para o diagnóstico e essencial para encaminhar pacientes ao tratatamento.

O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) do Piauí realizou 7.398 exames de HIV, sífilis, hepatites B e C entre janeiro e abril de 2024, representando um aumento de 16,84% em relação ao mesmo período de 2023. Este crescimento está alinhado com a meta estabelecida para 2024 de aumentar em 5% o número anual de exames.

A ampliação da equipe de técnicos e a capacitação dos profissionais de atendimento são fatores que contribuíram diretamente para esse aumento, segundo a Coordenação do CTA Estadual. O principal motivo do aumento dos exames foi a facilitação do acesso aos testes para as populações mais vulneráveis.

Essa medida incentivou mais pessoas a procurarem o diagnóstico e continuarem o acompanhamento necessário para o tratamento, especialmente quando os resultados são positivos. A coordenação enfatiza a importância do trabalho realizado para garantir que mais indivíduos possam acessar esses serviços essenciais.

Já a Coordenadoria de Doenças Transmissíveis da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), reforçou que os números representam um avanço significativo no enfrentamento das doenças e no monitoramento da saúde da população. O órgão sublinhou a importância de qualificar a informação para traçar ações de saúde mais eficazes. O aumento dos exames é fundamental para o diagnóstico precoce, essencial para encaminhar pacientes ao tratamento oportuno e interromper a cadeia de transmissão das doenças.


A estratégia de aumentar o diagnóstico precoce de infecções sexualmente transmissíveis é uma das metas da Sesapi. A ampliação dos exames pelo CTA é vista como um passo crucial para alcançar esse objetivo, pois somente através do diagnóstico precoce é possível garantir o tratamento adequado e reduzir a disseminação das infecções.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.