Piauí - Teresina

Candidato do concurso da PM-PI é flagrado com gabarito da prova

O indivíduo foi preso no final da aplicação da prova. O gabarito foi recebido via SMS, às 12h49.

THAIS SOUZA

- atualizado

O delegado Genival Vilela, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), revelou durante entrevista ao GP1 na manhã dessa segunda (10), que um candidato, que não teve a identidade revelada, foi preso ontem (09) no campus Poeta Torquato Neto, da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), no final da aplicação da prova do concurso da PM-PI, ao ser flagrado com o gabarito completo da prova no celular.

De acordo com informações repassadas pelo delegado Genival Vilela, o aparelho eletrônico foi encontrado dentro do tênis do indivíduo. “Já era um pouco mais de 13h, e eu chamei minha equipe para dar uma volta para saber se estava tudo encerrado mesmo. ‘Aí’ eu cheguei em uma das sala, e eu vi um rapaz no fundo da sala ainda marcando o gabarito. E de longe, eu vi ele fazendo um gesto com as mãos como se estivesse com alguma coisa nas mãos, na altura da cintura. Aquilo me chamou atenção que ele poderia estar escondendo algo. Falei com o fiscal que estava na hora de acabar, tomaram a prova dele. Levei ele para outra sala onde não havia mais ninguém, e procedemos nas buscas. E ele tinha um celular no tênis, e no celular tinha o gabarito da prova que foi recebido às 12h49 via SMS”, informou.

  • Foto: Rafael Galvão/GP1Viatura da GRECO na UESPIViatura da GRECO na UESPI

Genival Vilela disse que somente no campus Poeta Torquato Neto, cinco pessoas foram conduzidas ao serem flagradas portando aparelhos eletrônicos, celulares. Além disso, quatro candidatos do concurso foram expulsos depois que pularam o muro para tentar realizar a prova.