Política

Cícero Magalhães diz que Lula mentiu para eleger Wilson Martins

"Foi a única vez que eu vi o ex-presidente faltar com a verdade, quando afirmou que Wilson era bom para o Piauí e que era o melhor candidato", disse o deputado.

GERMANA CHAVES

- atualizado

O deputado estadual pelo PT do Piauí, Cícero Magalhães revelou ao GP1que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “faltou com a verdade” quando afirmou que o ex-governador Wilson Martins(PSB) era o melhor nome para administrar o Palácio de Karnak nas eleições de 2010. O petista rassaltou que o líder do PSB foi acolhido pelos petistas e só obteve êxito porque foi abraçado por Lula, pelo governador piauiense Wellington Dias e pelo Partido dos Trabalhadores.

As colocações de Cícero vieram depois do posicionamento de lideranças do PSB, dentre elas Wilson, que se mostraram contrárias a reaproximação com o PT. O deputado estadual ainda colocou que no pleito de 2010, a princípio nas pesquisas de intenção de votos, o ex-governador aparecia “com ralos 11%”.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Cícero MagalhãesCícero Magalhães

“A ingratidão é um dos piores sentimentos. Ele não seria governador se não fosse com ajuda do ex-presidente Lula, do governador Wellington Dias e do PT. A prova é que ele estava afogado em ralos 11% em 2010 e na hora que o Lula veio a público dizer que o candidato dele era Wilson Martins, foi a única vez que eu vi o ex-presidente faltar com a verdade, quando afirmou que Wilson era bom para o Piauí e que era o melhor candidato. Resultado, Lula ajudou a eleger Wilson”, disparou Magalhães.

Cícero não parou por aí e disse também que depois de sair da tutela do Partido dos Trabalhadores Wilson Martins entrou para história da política piauiense por ser o único governador a não conseguir se eleger para o Senado Federal.

“Depois de eleito todo mundo sabe como foi que ele governou o Piauí, era dando ordens e gritando com aliados. Aí, quando ele saiu e deixou de navegar debaixo das asas de Lula, Wellington e da estrela do PT, foi para senador e o que deu? Perdeu! Em 2014 ele foi o primeiro governador do Estado que saiu do governo e não conseguiu se eleger a senador. É um ingrato, Mas, não precisa se preocupar porque se ele não quer uma aliança com PT, nós é que não queremos”, acrescentou o legislador estadual.

MAIS NA WEB