Entretenimento

Ex-BBB Marcos tenta suspender investigação sobre agressão

Segundo Marcos, a delegada do caso, Viviane da Costa, não possui atribuição para chefiar as investigações.

SUYNARA OLIVEIRA

- atualizado

O ex-BBB, Marcos Harter entrou com um pedido de habeas corpus para suspender as investigações da Delegacia Especializada no Atendimento Mulher (Deam) de Jacarepaguá, no Rio sobre a possível agressão contra Emilly Araújo, campeã do Big Brother Brasil 17. A informação é do Tribunal de Justiça do Rio

Segundo Marcos, a delegada do caso, Viviane da Costa, não possui atribuição para chefiar as investigações e que a vítima, sua namorada no reality show, não apresentou denúncia contra ele.

  • Foto: Guilherme PintoEx-BBB Marcos chega à delegacia para prestar depoimentoEx-BBB Marcos chega à delegacia para prestar depoimento

De acordo com o Extra, o juiz Marco Couto, da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá, determinou que a delegada preste esclarecimentos sobre o caso em 72 horas, a contar a partir desta terça-feira (18). Só depois disso, é que ele decidirá sobre a concessão ou não da liminar.

Relembre o caso

A polícia abriu um inquérito depois que o cirurgião encurralou a estudante e apertou seu braço com força durante uma briga do casal. A polícia chegou ir até a casa do BBB para colher imagens da briga. O caso resultou na expulsão de Marcos do reality. Três dias depois, Emilly venceu a final do programa e ganhou o prêmio de 1,5 milhão de reais.


MAIS NA WEB