Piauí - Altos

Ex-presidente Lula recebe título de cidadão Altoense

Ele foi recebido por uma banda de forró e logo depois recebeu o título de cidadão altoense por meio do vereador Kiko Fontenele.

BÁRBARA RODRIGUES E GERMANA CHAVES

- atualizado

Ex-presidente Lula recebe título de cidadão Altoense

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou a Altos por volta das 10h45 da manhã deste domingo (03) para o ato “Mais Habitação, Mais Cidadania” que está sendo realizado no Ginásio Coberto Guilherme Melo, onde recebeu também o título de cidadão Altoense.

Lula chegou a solenidade acompanhado de várias autoridades políticas, como o governador Wellington Dias (PT), a vice-governadora Margarete Coelho (PP), Alexandre Padilha (PT), o deputado Assis Carvalho (PT), a secretária Rejane Dias (PT), a senadora Regina Sousa (PT), entre outras autoridades.

O ex-presidente, em seu discurso, chegou a chorar quando falou que presenciou crianças passando fome e afirmou que ele passou a sonhar que esse tipo de situação não iria mais se repetir e destacou toda a luta para a implantação do programa Minha Casa Minha Vida.

“Eu sonhei se era possível uma mulher acordar de manhã e ter um copo de leite para dar aos seus filhos. Eu transformei isso numa profissão de fé. Eu transformei isso para mostrar para a elite brasileira que era possível mudar. Tiramos o Brasil do mapa da fome e agora voltou de novo. Eu também assumi um desafio de que a gente tinha que construir casas para as pessoas mais pobres morarem, o desafio que a gente tinha era como construir casas para quem não estava ganhando nada ou só ganhava um salário mínimo. A gente queria garantir casa, mas também garantir renda para a população, ter uma melhoria fiscal, eram várias coisas. Construímos assim o Minha Casa, Minha Vida. Então demos esse subsídio e agora estão tirando ele. Vocês viram que diminuíram [as construções das casas]”, disse.

Lula ainda fez críticas ao presidente Michel Temer. “Tiraram a Dilma e veja o que aconteceu. O PT provou que é possível cuidar do povo pobre, de que temos competência, de que é possível botar o filho do pobre pra estudar na universidade, que é possível eles virarem médicos e enfermeiros, basta que o governo tenha competência para isso. Eles estão vendendo o Brasil. Destruíram o BNDES, querem destruir o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, vender parte da Petrobras. Estão vendendo tudo. Se ele [Temer] não sabe governar, larga o governo. O país precisa de alguém que goste do povo”, criticou.

Título de cidadania

Ele recebeu o título de cidadão altoense por meio do vereador Kiko Fontenele e demais vereadores do município. Logo depois a prefeita de Altos, Patrícia Leal, fez discurso afirmando que esse era um momento de agradecer todas ações realizadas por Lula no país e no município.

“Esse é um momento de agradecer. A sua presença aqui em Altos significa a esperança de dias melhores de novo, o povo não aguenta mais sofrimento. A fome voltou, a população está aflita pela falta de acesso aos serviços. Nós precisamos de gente guerreira. O senhor é um homem guerreiro e quero dizer que nós de Altos também somos guerreiros e somos Lula”, disse a prefeita em discurso.

Em seu discurso Assis Carvalho destacou o fato que Lula esteve na cidade há 35 anos e logo depois foi feita a filiação do marido da prefeita Patícia leal, Warton Lacerda, que era do Partido Progressista e assinou sua filiação ao PT. “Hoje temos esse companheiro se filiando ao PT. Muito obrigado meu povo maravilhoso. Hoje como presidente do PT tenho a felicidade de receber mais esse homem que se filia ao maior líder do país. Juntos todos nós somos Lula. Mexeu com Lula, mexeu com todos nós”, disse o deputado Assis Carvalho.

Governador destaca trabalho de Lula

O governador Wellington Dias, em seu discurso destacou que o Lula tem a capacidade de fazer o país melhorar a situação financeira do país. “Estamos nessa caravana hoje aqui em Altos, onde queremos tratar da habitação, claro que temos a memória do que foi a gestão do presidente Lula. Essa ideia genial de atender os mais pobres, com o que eles mais precisam, é isso que significa um governo desse campo. A gente hoje liga a televisão e é só desgraceira, mas temos um líder que já fez muito pelo Brasil, que poderia ter pendurado as chuteiras, mas ele está aqui cuidando de Altos e do Brasil. É isso que incomoda [algumas pessoas]. No Piauí somos todos Lula. Quero que todo mundo possa compreender que nesse momento no Brasil temos um sentimento de esperança de que podemos tomar as rédeas do país. A gente tem que ter a certeza que o Brasil vai tomar seu caminho pela democracia. O Lula é meu amigo, mexeu com o Lula, mexeu comigo”, afirmou o governador.


MAIS NA WEB