Política

João Doria defende permanência do PSDB no Governo Michel Temer

“A parte mais difícil já passou e agora há pouco campo para fazer oposição ao governo", disse.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) defendeu nesta segunda-feira (7) que o PSDB continue no governo de Michel Temer (PMDB), informou a jornalista Cristiana Lôbo, do G1.

João Doria fez a defesa do ex-presidente após um encontro ocorrido entre os dois nessa segunda-feira antes da assinatura de um acordo em nome da União com a Prefeitura de São Paulo sobre um terreno de 406 mil metros quadrados do Campo de Marte, uma pendência que estava na Justiça havia 60 anos.

  • Foto: Facebook/João DoriaJoão DoriaJoão Doria

Atualmente existe uma divisão interna no PSDB, já que uma parte defende que o partido continue no governo, enquanto outra parte quer a saída. O partido possui o comando de quatro ministérios, mas mesmo assim muitos tucanos votaram pelo seguimento da denúncia contra Michel Temer.

Para Doria, a parte mais difícil foi a votação da denúncia e que essa fase já foi superada, destacando que não há mais espaço para o partido fazer oposição. “A parte mais difícil já passou e agora há pouco campo para fazer oposição ao governo. O PSDB tem de fazer as reformas. Agora, não é mais o caso de discutir se é contra ou a favor de Temer, mas de puxar o Brasil para a frente, porque já chega o que os partidos de esquerda puxam para baixo", disse.

Ele ainda defendeu as reformas que estão sendo feitas pelo presidente. "É o Brasil protegido que pode fazer o país retomar o caminho do crescimento e da geração de empregos", afirmou.

Mais conteúdo sobre: