Política

João Vicente Claudino mantém diálogo constante com a oposição

“Espero que a gente possa contar com o João Vicente Claudino, apesar de achar que ele não está participando tanto como deveria, mas acredito que ele estará conosco”, disse João Henrique.

GERMANA CHAVES

- atualizado

Mesmo se mantendo discreto quanto ao destino político/partidário para as eleições gerais de 2018, o ex-senador João Vicente Claudino (sem partido), tem mantido contato frequente com siglas e representantes que hoje estão declaradamente na oposição tais como: PSB e setores do PMDB e PDT.

  • Foto: Lucas Dias/GP1João Vicente ClaudinoJoão Vicente Claudino

A informação foi confirmada aoGP1 por dois importantes líderes políticos do Piauí, o presidente do Conselho Nacional do Sesi, ex-ministro João Henrique de Almeida Sousa (PMDB) e pelo deputado federal Rodrigo Martins (PSB).

A ideia inicial é que os oposicionistas formem uma chapa majoritária competitiva para contrapor o Governo Wellington Dias (PT) no ano que vem. Apesar de João Vicente sempre afirmar que não possui arestas com Wellington Dias, nos bastidores, são constantes os comentários de que o ex-senador engrossará as fileiras de oposição em 2018.

  • Foto: Lucas Dias/GP1João Henrique AlmeidaJoão Henrique Almeida

João Henrique Sousa demonstrou expectativa de poder contar com a presença do ex-senador no grupo adversário. “Espero que a gente possa contar com o João Vicente Claudino, apesar de achar que ele não está participando tanto como deveria, mas acredito que ele estará conosco”, disse o ex-ministro.

Rodrigo Martinstambém comentou a boa relação com João Vicente. “Ele tem estado em conversa com a gente e, apesar de eu não poder fazer afirmações por ele, mas com base em nossas conversas, acredito que formaremos um grupo forte”, disse o deputado federal.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Rodrigo MartinsRodrigo Martins

João Vicente era filiado ao PTB, mas deixou a sigla no ano passado e desde então está sem partido. Quanto as disputas por cargos, o nome do ex-senador tem sido lembrando tanto para governador quanto para o Senado.