Piauí - Teresina

Piauí fica em 2º lugar na redação do Enem após recontagem do MEC

O Instituto Educacional São José, que era o primeiro colocado na redação, agora passa a ocupar a segunda posição.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Após uma atualização nos dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), uma escola particular do Rio de Janeiro passou a ocupar a primeira posição na lista das melhores notas médias de redação no Enem 2015 por escola.

A escola particular Cemp Ensino Médio passou a obter 930 pontos, nota média dos 10 alunos que participaram do exame. Com a mudança, o primeiro lugar foi tirado do Instituto Educacional São José, unidade Mocambinho, cujos 17 alunos pontuaram 920 pontos.

  • Foto: DivulgaçãoEnemEnem

De acordo com o Inep, a escola não teve as notas incluídas por um erro do colégio na hora de preencher dados cadastrais de um de seus alunos. O problema foi corrigido após um recurso da escola ao Inep. O Instituto confirmou o problema e negou que tenha havido erro do ministério, mas admitiu um equívoco de sua equipe técnica e afirmou que vai processar os novos resultados e divulgar a lista até o dia 30 de outubro.

O Ministério da Educação (MEC), divulgou na última terça-feira (04), os resultados do Enem 2015 por escola. O arquivo reúne notas de 1.212.908 estudantes de 14.998 escolas do país que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio no ano passado. Os dados são divulgados todos os anos pelo Governo Federal para avaliar a qualidade da educação as escolas brasileiras. O Instituto Dom Barreto aparece na segunda colocação na média geral, com 717,82 pontos, com 124 participantes no exame.


Link do texto:

Piauí fica em 2º lugar na redação do Enem após recontagem do MEC
http://www.gp1.com.br/noticias/piaui-fica-em-2o-lugar-na-redacao-do-enem-apos-recontagem-do-mec-402498.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.