Piauí - Parnaíba

Traficante condenado a 9 anos de cadeia foi nomeado por Mão Santa

Este foi o segundo condenado por tráfico de drogas nomeado pelo prefeito Mão Santa.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Preso no último sábado (03) por tráfico de drogas e condenado pela Justiça da Comarca de Exu, Estado de Pernambuco, o bacharel em direito Claudio Veras, ocupou até o dia 20 de abril deste ano, o cargo de Assessor da Central de Licitações e Contratos da Prefeitura de Parnaíba, nomeado pelo prefeito Mão Santa (SD).

  • Foto: Divulgação-Marcelo Cardoso/GP1Claudio Veras e prefeito Mão SantaClaudio Veras e prefeito Mão Santa

O traficante foi nomeado através da portaria n° 220/2017, publicada no Diário Oficial de Parnaíba, no entanto, a nomeação foi ilegal, já que Claudio Veras estava impossibilitado de exercer cargo público de nomeação por ter sido condenado a 09 anos de cadeia por trafico de drogas em 20 de setembro de 2006, tendo a sentença transitada em julgado em 04 de julho de 2012 e ainda se encontrar cumprindo pena.

  • Foto: DivulgaçãoNomeação de Claudio Veras pelo prefeito Mão SantaNomeação de Claudio Veras pelo prefeito Mão Santa

É o segundo condenado por tráfico de drogas nomeado por Mão Santa, o primeiro foi Breno Leandro Rodrigues dos Santos, que ocupa o cargo comissionado de Diretor de Gestão Patrimonial e Operacional da Secretaria Municipal de Saúde do Município de Parnaíba.

A prisão

O ex-assessor Claudio Veras foi preso no último sábado (03) pela Policia Rodoviária Federal quando trafegava por volta das 22h20min pela BR-343. Durante a abordagem, informou que era funcionário da Central de Licitações da Prefeitura Municipal de Parnaíba. Foi encontrado em seu poder mais de 400 gramas de crack e cocaína, a importância de R$ 3.100,00 (três mil e cem reais) e dois celulares.

  • Foto: DivulgaçãoPrisão por tráficoPrisão por tráfico

A condenação

Claudio Veras foi condenado a 09 anos de cadeia pelo juiz Hauler dos Santos Fonseca, da Comarca de Exu, Estado de Pernambuco, após ser preso com três pacotes de maconha, trazidos em uma bolsa, quando trafegava em uma motocicleta na proximidades da sede do município. A prisão foi feita por policiais militares que faziam blitz no local. A sentença foi dada em 20 de setembro de 2006, tendo a sentença transitada em julgado em 04 de julho de 2012.

Outro lado

Procurado pela equipe do GP1 na manhã desta terça-feira (06), o secretário de governo do Mão Santa, Carlos Eduardo, atendeu a ligação, mas disse que só responderia o caso por e-mail. No entanto, o secretário não sabendo o endereço do e-mail da própria prefeitura, afirmou que retornaria a ligação, o que não ocorreu até a publicação desta matéria. O GP1 segue aberto para quaisquer esclarecimentos.

Mais conteúdo sobre: