Fechar
Colunista Brunno Suênio
GP1

Blogueira do PCC tirou foto ao lado do corpo de mulher antes de esquartejá-la em Teresina

Silvana Rodrigues de Sousa, 21 anos, foi torturada e morta em uma sessão do Tribunal do Crime.

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) identificou que logo depois de assassinar Silvana Rodrigues de Sousa, a blogueira Maria Clara Sousa Nunes Bezerra, mais conhecida como Clarynha Sousah, tirou uma foto ao lado do corpo da vítima e a imagem rapidamente viralizou entre grupos da facção PCC, possibilitando que os policiais do DHPP a identificassem na cena do crime.

Ela acabou sendo presa nessa segunda-feira (08) pela equipe do delegado Bruno Ursulino.

Foto: Reprodução/WhatsApp-Brunno Suênio/GP1Blogueira Clarynha Sousah, presa pelo DHPP acusado de matar Silvana Rodrigues de Sousa, esquartejada
Blogueira Clarynha Sousah, presa pelo DHPP acusado de matar Silvana Rodrigues de Sousa, esquartejada

Os investigadores constataram que Clarynha Sousah determinou que Silvana fosse atraída para uma residência na Vila da Guia, na zona sudeste de Teresina, na noite do dia 23 de junho. Ao chegar ao local, a acusada assumiu o posto de comando e executou o plano criminoso para ceifar a vida da jovem de 21 anos.

Foto: Divulgação/PC-PITatuagem da blogueira do PCC ao lado do corpo da vítima
Tatuagem da blogueira do PCC ao lado do corpo da vítima

Sessão do Tribunal do Crime

Em uma espécie de sessão do Tribunal do Crime, Silvana Rodrigues de Sousa teve sua morte decretada de forma ardilosa. Primeiro, ela foi dependurada com uma corda amarrada ao pescoço até que ficou sufocada e, sem ar, teve morte dentro do imóvel.


O passo seguinte chamou mais a atenção dos policiais. Não satisfeita com a morte de Silvana, Clarynha Sousah ordenou que outras pessoas que participaram do crime esquartejassem o corpo da vítima. A intenção era facilitar a ocultação do cadáver e, para isso, os acusados foram atrás de 10 sacos de estopa, mas ao fim, apenas três foram utilizados.

Imagens às quais a coluna obteve acesso, mas que não serão divulgadas, mostram os membros superiores e inferiores esquartejados. Ela teve a cabeça arrancada do pescoço, onde os policiais encontraram a marca da corda, usada para matá-la.

Rapidinhas

Restos mortais foram enterrados a 50 cm de profundidade

Uma equipe do Corpo de Bombeiros do Ceará foi destacada para auxiliar as buscas pelos restos mortais de Silvana. Os investigadores do delegado Bruno Ursulino tinham a certeza de que o corpo da jovem havia sido enterrado e, por isso, o uso de cães farejadores com a expertise em buscas por restos mortais de seres humanos se fez necessário.

Depois de uma busca técnica por parte da corporação, os quatro cães definiram o local exato do ponto onde os restos mortais foram enterrados em sacos de estopa. O objetivo de ocultar o cadáver não se sustentou por muito tempo.

Blogueira Clarynha Sousah se manteve calada

Durante depoimento gravado na sede do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, conduzido pelo delegado Bruno Ursulino, a blogueira Clarynha Sousah se reservou ao direito de permanecer calada.

Favorito e os segredos de Franzé e Evaldo (Parte 02)

O almoço no Favorito Comidas Típicas, do qual participaram o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Franzé Silva e seu fiel escudeiro, deputado Evaldo Gomes, que a Coluna trouxe nessa segunda-feira (08), deixou muita gente de orelha quente.

Foto: Reprodução/InstagramFranzé Silva e Evaldo Gomes
Franzé Silva e Evaldo Gomes

Como havia sido antecipado, nem mesmo o governador Rafael Fonteles escapou dos comentários. Para os parlamentares, o governador tem se destacado por demais em temas, digamos, de abrangência nacional, e isso tem despertado olhares de todos os lados.

Futurologia

Franzé Silva entrou na cabeça do governador e disse que Rafael Fonteles quer ser ministro e, como num jogo de apostas, apontou que, por outro lado, o caminho de Wellington Dias, no futuro, poderia ser um retorno ao Governo.

Pré-candidato enxotado pelo partido quer emplacar à força

Um pré-candidato a prefeito de Teresina, sem expressão, diga-se de passagem, quer tentar emplacar o próprio nome a todo custo. Mas a ordem veio de cima para baixo. Sem apoio, não tem a menor condição do lunático tentar sair, nem que seja com 1% nas pesquisas.

Ele já virou até chacota, que tucano rachou o bico.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.