Blog Opinião
GP1

A professora, a pobreza e o poder


Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarMaurílio Soares(Imagem:Divulgação)Maurílio Soares
Diz a célebre frase de Rui Barbosa: “Queres saber quem é um cidadão, dê-lhe o poder”.

Uma professora, pobre e com rara sensibilidade para com seus semelhantes, porém, obcecada pelo poder, transformou em pouco tempo sua fausta existência, ao adquirir o poder, situação a qual lhe dera ostentação de viver a expensas do ganho das locupletações sobre a plebe e seus traídos bajuladores.

O poder tem suas faces e quinas: Cara com carapuça, coroa e indiferença.

A carapuça pode ser retirada por quem roubou a chave de ouro do cofre público.

*Maurílio Soares é advogado

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.