GP1

Brasil

Candidatos infectados por covid-19 farão o Enem em data diferente

O presidente do Inep, Camilo Mussa, informou que o candidato deve entrar em contato com o instituto para ser inserido na nova data.

Os candidatos que irão realizar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 e que forem diagnosticados por alguma doença infectocontagiosa, como a covid-19, terão uma nova chance.

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Camilo Mussa, informou que em caso de contaminação o candidato deve entrar em contato com a central de atendimento do Inep, por meio do número 0800 616161, e comunicar a doença em até um dia antes da data da prova.

A prova está agendada para ser aplicada em todo o pais nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, já em formato digital será nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

O candidato que for contaminado deverá registrar o problema anexando laudo médico na Página do Participante, os casos deferidos poderão participar da reaplicação do exame nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2021, no mesmo dia em que o Enem é aplicado a pessoas privadas de liberdade.

Outras doenças

O edital também inclui na lista casos de coqueluche, difteria, doença invasiva por haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, influenza humana A e B, poliomielite, sarampo, rubéola e varicela.

Cronograma

Provas impressas: 17 a 24 de janeiro

Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro

Reaplicação da prova: 23 e 24 de fevereiro

Resultados: a partir de 29 de março

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.