GP1

Brasil

Tema da redação do Enem 2020 aborda estigmas das doenças mentais no Brasil

A informação foi divulgada na tarde deste domingo (17) pelo ministro da educação Milton Ribeiro. Hoje acontece o primeiro dia de aplicação do exame.

O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano foi “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”. A informação foi divulgada, na tarde deste domingo (17), pelo ministro da Educação Milton Ribeiro.

Os participantes da prova tiveram que escrever um texto dissertativo-argumentativo de no máximo 30 linhas discorrendo sobre o tema, devendo obedecer as cinco competências a serem analisadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Competências

A nota máxima da redação do Enem equivale a 1 mil pontos, que estão distribuídos em cinco competências analisadas pelo Inep. A nota final do candidato é a soma da distributiva de pontos entre as categorias de análise.

Competência I: domínio da norma culta da língua portuguesa

Competência II: obedecer aos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo

Competência III: selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista

Competência IV: demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação

Competência V: elaborar proposta de solução para o problema abordado

Piauí

Mais de 130 mil candidatos realizam a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo em todo o Piauí. As provas terão cinco horas e meia de duração, começando às 13h30 e terminando às 19h.

O exame começa com as áreas das Ciências Humanas e da Linguagem, compreendendo disciplinas como História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Língua Portuguesa e também a Redação.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.