GP1

Brasil

Justiça determina internação de adolescente que matou amiga em Cuiabá

A decisão de internação foi dada pela juíza Cristiane Padim, da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá.

Foi determinado nesta terça-feira (19), o mandado de internação da jovem acusada de matar Isabelle Ramos Guimarães, de 14 anos, no último mês de julho em Cuiabá.

A jovem de 15 anos atirou contra Isabelle, que seria sua melhor amiga, no dia 12 de julho de 2020, em um condomínio na cidade de Cuiabá, localizado no estado de Mato Grosso.

Foto: Reprodução/TwitterIsabelle Ramos, morreu baleada aos 14 anos
Isabelle Ramos, morreu baleada aos 14 anos

Diante disso, a justiça determinou que a jovem fosse internada em um regime socioeducativo. A pena máxima para a reclusão da jovem é de três anos, podendo ser revista a cada seis meses.

Ela foi punida por ato análogo ao crime de homicídio doloso, quando não há intenção de matar. A jovem foi apreendida pela polícia cerca de 2 meses após o crime, porém foi solta horas depois.

A decisão de internação foi dada pela juíza Cristiane Padim, da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá.

Entenda o caso

Uma jovem de 14 anos morreu após ser baleada acidentalmente por sua amiga na noite do dia 12 de julho de 2020, em um condomínio na cidade de Cuiabá.

Segundo informações da Polícia Militar, a jovem foi atingida com um tiro na cabeça, disparado por sua melhor amiga, da mesma idade, com a arma de seu pai, que é atirador esportivo. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas a jovem já havia morrido.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.