GP1

Brasil

Flávio Nogueira propõe presença de 3 mulheres em Júri de feminicídio

O Projeto de Lei de Flávio Nogueira está aguardando despacho do Presidente da Câmara dos Deputados.

O deputado federal Flávio Nogueira (PDT) apresentou Projeto de Lei propondo alterações na composição do Tribunal do Júri e do Conselho de Sentença na hipótese de crime de feminicídio. O PL está aguardando despacho do Presidente da Câmara dos Deputados.

Flávio destacou a importância de possuir no mínimo três mulheres no Júri em casos de feminicídio. “Na hipótese de crime relacionado à violência doméstica e familiar praticado contra mulher, o sorteio prosseguirá até que se complete o número mínimo de 3 (três) jurados do sexo feminino para compor o Conselho de Sentença.” (NR)”, diz a proposta.

Foto: Lucas Dias/GP1Deputado Federal Flávio Nogueira
Deputado Federal Flávio Nogueira

Na justificativa, Flávio citou o caso do assassinato de Tatiane Spitzner por seu marido Luís Felipe Manvaler em Guarapuava, no Paraná. No julgamento do acusado, o Tribunal do Júri foi composto por sete homens.

“Trata-se de inaceitável paradoxo e flagrante violação aos princípios constitucionais da igualdade e da proporcionalidade, sobretudo por se tratar de um crime que tem por vítima uma mulher”, disse Flávio Nogueira.

“Trata-se de impedir, na hipótese referida, que o Conselho de Sentença seja composto somente ou em grande parte por jurados do sexo masculino e isto possa, de alguma maneira, influenciar o resultado do julgamento do crime”, finalizou o parlamentar.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.