GP1

Coronavírus no Piauí

Piauí registrou 7 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

Também foram registrados mais 13 óbitos ocorridos em dias anteriores, que estavam sob investigação.

O Piauí registrou sete mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) na noite desta terça-feira (15). A Sesapi informou ainda que foram confirmados mais 13 óbitos de dias anteriores, cuja causa ainda estava sob investigação, e com isso o total e vidas perdidas para o novo coronavírus no estado chega a 6.283.

Também foram confirmados mais 961 novos casos da doença, e agora já são 286.605 diagnósticos positivos no Piauí desde o início da pandemia, de acordo com os dados epidemiológicos da Sesapi.

Três mulheres e quatro homens não resistiram às complicações da covid-19 nas últimas 24 horas. Elas eram das cidades de Amarante (55 anos), Ribeiro Gonçalves (36 anos) e Teresina (71 anos). Os do sexo masculino eram naturais de Altos (51 anos), Beneditinos (32 anos), Picos (37 anos) e Teresina (45 anos).

Dos óbitos acumulados, os homens sete eram de Teresina (45, 55, 61, 62, 74, 80 e 82 anos). Já as seis mulheres eram de Luzilândia (93 anos), Nossa Senhora de Nazaré (68 anos), Paes Landim (70 anos), Parnaíba (55 anos), Piripiri (54 anos) e Teresina (69 anos).

Dos 961 casos confirmados da doença 523 são mulheres e 438 são homens, com idades entre um e 94 anos. Os óbitos foram registrados em 222 municípios.

Internações

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à covid-19, há 785 ocupados, sendo 463 leitos clínicos, 305 UTIs e 17 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 18.595 até o dia 15 de junho de 2021.

Curados

A Sesapi estima que 279.537 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registrados nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.