GP1

Coronavírus no Piauí

Uso de máscara volta a ser obrigatório no Ministério Público do Piauí

O procurador-geral proibiu ainda o acesso de pessoas que apresentarem sintomas respiratórios gripais.

Portaria assinada pelo procurador-geral de Justiça Cleandro Moura e publicada no Diário Oficial do Ministério Público do Piauí na última terça-feira (14), determina a volta do uso obrigatório de máscara nas dependências do órgão.

Segundo a portaria PGJ/PI nº 1928/2022, a medida foi tomada levando em consideração o Ato PGJ/PI nº 1206/2022, de 25 de maio de 2022, que estabelece a retomada de 100% das atividades presenciais do Ministério Público do Estado do Piauí e as avaliações epidemiológicas, que sinalizam o aumento da curva de incidência de covid-19 no estado.

Foto: Lucas Dias/GP1Ministério Público do Estado do Piauí
Ministério Público do Estado do Piauí

Desta forma, o procurador-geral determinou o uso obrigatório de máscara para o ingresso e permanência de integrantes do Ministério Público, membros, servidores, estagiários, colaboradores, terceirizados, bem como público externo nos prédios da instituição.

O procurador-geral proibiu ainda o acesso de pessoas que apresentarem sintomas respiratórios gripais visíveis (tosse, espirros e coriza), característicos dos casos suspeitos de infecção pela covid-19.

Como medida de combate a covid-19, o órgão vai disponibilizar álcool em gel, para correta higienização das mãos. Além disso, está proibida a realização de comemorações e lanches coletivos dentro da instituição.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.