GP1

Economia e Negócios

Trabalhadores poderão sacar FGTS em caixas eletrônicos

Calendário prevê procedimentos diferentes de acordo com o valor disponível nas contas inativas.

O governo federal divulgou nesta terça-feira (14), o calendário para o saque dos recursos em contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Contribuição (FGTS). Com isso, o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido até 31 de dezembro de 2015 pode sacar o saldo da conta vinculada, estando ou não fora do regime do FGTS.

As contas inativas com saldo de até R$ 1,5 mil poderão ser sacadas no autoatendimento da Caixa a partir de 10 de março, é necessário apenas a senha do Cartão do Cidadão. Já para valores entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil, será necessário que o trabalhador possua o Cartão do Cidadão e senha para pagamentos para pagamentos no autoatendimento.

  • Foto: DivulgaçãoCarteira de trabalhoCarteira de trabalho

Os canais parceiros, como o Caixa Aqui e unidades lotéricas são outras opções para saque, onde será permitida a retirada de até R$ 3 mil, apresentando o documento de identificação do trabalhador, Cartão do Cidadão e a respectiva senha. Valores acima de R$ 3 mil serão sacados exclusivamente nas agências da Caixa.

Já para valores superiores a R$ 10 mil, será necessária a apresentação da carteira de trabalho ou documento que comprove a extinção do vínculo do trabalho. Para quem já é correntista da Caixa, os valores serão transferidos automaticamente. As contas inativas são aquelas criadas que ficam sem movimentação após o trabalhador sair do emprego. A expectativa é de que sejam injetados até R$ 30 bilhões na economia.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.