GP1

Eleições 2022

Wellington Dias confirma interesse em ter apoio de Zé Filho em 2022

“Claro [que há interesse]. Estou aberto sim ao diálogo", afirmou Wellington sobre o ex-governador.

O governador Wellington Dias (PT) confirmou nesta segunda-feira (25), em entrevista ao GP1, que tem interesse no apoio do ex-governador Zé Filho (PSDB) nas eleições de 2022. O petista destacou que está aberto ao diálogo com o presidente da FIEPI.

“Claro [que há interesse]. Estou aberto sim ao diálogo. Quando quiser marcar estaremos juntos conversando”, declarou o governador.

Foto: Lucas Dias/GP1Wellington Dias
Wellington Dias

Ao ser questionado se poderia oferecer a primeira suplência do Senado para Zé Filho, Wellington desconversou, apenas destacando que já contou com o apoio o ex-governador e que ambos mantêm uma boa relação.

“As decisões dessa fase tomam os líderes e os partidos. O que posso dizer é que o ex-governador Zé Filho e eu já estivemos juntos, eu ele e o pai dele, Moraes Souza, na eleição de 2002. Foi eleito vice-governador com meu apoio. Temos uma relação boa de amizade e a decisão que for boa para ele, com certeza terá todo o apoio de minha parte”, finalizou o governador.

Zé Filho

Ao GP1 no último sábado (23) Zé Filho disse que ainda não tinha conversado com Wellington. "Tudo que eu sei é o que tem sido colocado pela imprensa. Mas eu sou amigo do governador, sempre nos demos bem e nunca tivemos problemas. Eu converso sempre com Wellington assim como tenho uma relação boa com o Rafael Fonteles. Converso com todos, não tenho problema com ninguém", assegurou o presidente da FIEPI.

Suplência de senador

Conforme informações de bastidores, Wellington Dias estaria disposto a oferecer a primeira suplência de senador da chapa do governo a Zé Filho, uma vez que, a tendência é que o gestor petista dispute vaga no Senado em 2022.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.