GP1

Entretenimento

Motorista de Conrado & Aleksandro diz que não tem culpa do acidente

Em entrevista ao Domingo Espetacular, ele disse que o pneu explodiu e que perdeu o controle do veículo.

O motorista Valdoir Euripedes da Silva quebrou o silêncio, ao falar pela primeira vez sobre o acidente, ocorrido no dia 7 de maio, que ceifou a vida do cantor Aleksandro e outras cinco vítimas de sua equipe. Ele também se defendeu das acusações de imprudência.

Valdoir da Silva comentou o trágico acidente em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record TV, que vai ao ar neste domingo (15). "Eu sei que não tenho culpa. Não tenho culpa porque o pneu explodiu e eu perdi a direção", declarou à emissora, segundo o portal R7. Dois dias após o acidente, um vídeo viralizou na internet, que flagrou o ônibus em questão em alta velocidade e realizando manobras perigosas na Rodovia Regis Bittencourt, mesma rodovia onde ocorreu o tombamento do veículo. Desde então o motorista passou a receber acusações de imprudência ao volante.

Foto: Reprodução/ Record TVValdoir Euripedes da Silva
Valdoir Euripedes da Silva

Ainda na entrevista, o motorista também destacou sentir muita tristeza por conta do ocorrido. O programa também explica os motivos que causam acidentes frequentes nas estradas.

Relembre o acidente

O acidente de trânsito que ceifou a vida do cantor Aleksandro Correia, da dupla sertaneja Conrado & Aleksandro, ocorreu no último sábado, dia 07 de maio, no interior de São Paulo. Mais cinco pessoas da equipe morreram, segundo comunicado oficial da assessoria dos artistas.

Foto: Divulgação/PRF-SPÔnibus da dupla sertaneja Conrado e Aleksandro tomba na Régis Bittencourt e seis pessoas morrem no local
Ônibus da dupla sertaneja Conrado e Aleksandro tomba na Régis Bittencourt e seis pessoas morrem no local

O ônibus em que a dupla viajava com a equipe tombou na rodovia Régis Bittencourt, próximo à cidade de Miracatu (SP). Ainda não se sabe as circunstâncias do acidente.

Trajetória de Conrado & Aleksandro

A carreira de Conrado & Aleksandro começou em 2003 em Dourados (MS), com canções que misturam sertanejo universitário e 'modão'. A dupla sertaneja emplacou algumas músicas nas rádios, como Só Se For Gelada, Caminhonete Inteira e Tô Bebendo de Torneira, que ficou mais de seis meses entre as 30 mais tocadas no Brasil, segunda a assessoria da dupla, que destaca também que Tô Bebendo Demais marcou presença entre as 20 mais tocadas, segundo ranking da Billboard, e o último lançamento Tereré e Narguilé soma mais de 1 milhão de visualizações no Youtube.

Foto: Reprodução/InstagramDupla sertaneja Conrado e Aleksandro
Dupla sertaneja Conrado e Aleksandro

O single mais recente, Efeito Borboleta, alcançou 1.5 milhões de visualizações no Youtube. No Spotify, por exemplo, a dupla conta com mais de 500 mil ouvintes mensais.

A dupla tem na discografia quatro CDs lançados, “Plano B” (2011), “Ao Vivo em Maringá” (2012, Som Livre), “Lobos” (2014, Som Livre), “Ao Vivo em Curitiba” (2015), o EP “Vivendo de Arte” (2017) e dois DVDs, “Ao Vivo em Maringá” (2012, Som Livre) e “Ao Vivo em Curitiba” (2015). “Ao Vivo em Londrina” (2019).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.