GP1

Mundo

Segundo atentado na Espanha deixa cinco terroristas mortos

No balneário Cambrils, a polícia matou cinco terroristas que avançaram em um veículo sobre uma equipe policial .

O governo da Catalunha confirmou nesta sexta-feira (18), que há conexão entre os ataques em Barcelona e em Cambrils. No balneário Cambrils, a polícia matou cinco terroristas que avançaram em um veículo sobre uma equipe policial na noite desta quinta.

De acordo com informações do Estadão, os terroristas chegaram a ferir seis pessoas, sendo uma em estado grave. Os homens usavam cintos, que mais tarde, a polícia constatou que eram falsos cinturões explosivos. Até então, acreditava-se que o plano era provocar uma explosão após o atropelamento em Cambrils.

  • Foto: Sergio Perez/ReutersAtaque na EspanhaAtaque na Espanha

"Trabalhamos com a hipótese de que os fatos em Cambrils correspondem a um ato terrorista. Matamos os suspeitos", afirmou a polícia da Catalunha. Segundo a polícia, quatro homens foram mortos e um quinto ficou ferido na operação, morrendo depois. Os serviços de emergência divulgaram que um policial e 6 civis ficaram feridos, dois em estado grave. Eles foram levadas para quatro hospitais da região.

No início desta quinta, uma van atropelou pedestres nas Ramblas, ponto turístico de Barcelona e 13 pessoas foram mortas e mais de 100 feridas. O Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque. Pelo menos três suspeitos foram presos em cidades próximas. Segundo o Itamaraty, não há brasileiros entre as vítimas. Entre as vítimas fatais, cinco já foram identificadas: um espanhol, três alemães e um belga.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.