GP1

Mundo

Boris Johnson vai suspender restrições à pandemia no Reino Unido

Britânicos poderão se reunir em ambientes fechados a partir do dia 17 de maio.
Por Estadão Conteúdo

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, confirmará nesta segunda-feira, 10, a flexibilização das restrições relacionadas à pandemia de Covid-19, com base na melhora da situação sanitária. A informação foi divulgada pelo gabinete de Johnson ainda neste domingo, 9.

A medida faz parte da terceira etapa do plano de desconfinamento e entrará em vigor no dia 17 de maio, coincidindo com a flexibilização de algumas restrições às viagens ao exterior.Os britânicos poderão se reunir em ambientes fechados, com no máximo seis pessoas ou duas famílias.

Os pubs e restaurantes poderão voltar a atender seus clientes em ambientes fechados, e os casamentos poderão ter até 30 convidados. Ao ar livre, aglomerações de mais de 30 pessoas permanecerão proibidas.

O coronavírus deixou mais de 127 mil mortos no Reino Unido, o país mais afetado da Europa. As taxas de infecção caíram para o nível mais baixo desde setembro, enquanto as hospitalizações também estão caindo, atingindo níveis baixos em algumas áreas, informou Downing Street.

Desde o lançamento da campanha de vacinação no início de dezembro, mais de 35 milhões de pessoas receberam a primeira inoculação da vacina contra a Covid-19 e o governo diz que está "no caminho" para atingir sua meta de oferecer uma primeira dose a todos os adultos até o final de julho.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.