Teresina - PI

Acusado de assassinar morador de rua esfaqueado é preso em Teresina

A vítima morreu após ser esfaqueada no dia 8 de outubro no Mercado Central, centro de Teresina. Durante o trajeto até o hospital, o morador de rua acabou não resistindo.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Um homem identificado como Carlos André da Silva, foi preso na manhã desta segunda-feira (18), acusado de assassinar um morador de rua, identificado como Edglebson da Cunha Santos, com uma facada no Mercado Central, no dia 8 de outubro, no Centro de Teresina.

De acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a prisão do acusado foi realizada por uma equipe sob o comando do delegado Walter Cunha na Praça Saraiva, por meio de mandado de prisão.

  • Foto: Divulgação/DHPPAcusado de assassinar morador de ruaAcusado de assassinar morador de rua

Identificação da vítima

De acordo com o delegado Walter Cunha, a irmã da vítima reconheceu o corpo no Instituto Médico Legal (IML) e em depoimento no DHPP informou que o irmão vivia há 7 anos em situação de rua, sem nenhum tipo de contato com a residência da família.

O GP1 apurou que o suspeito de ter cometido o homicídio também é um morador de rua e, inclusive, há informações importantes que dão conta de toda a dinâmica do crime, que ocorreu às 18h15 do dia 8 de outubro.

Testemunhas relataram que vítima e acusado já estavam discutindo, enquanto caminhavam pela Rua Riachuelo. Os dois resolveram parar na frente de um bar, onde Edglebson sentou em uma cadeira e logo depois foi atingido com um golpe de faca no pescoço pelo suspeito, que deixou o local do crime correndo.

Crime

A vítima morreu após ser esfaqueada no dia 8 de outubro no Mercado Central, centro de Teresina. Edglebson, que ainda chegou a ser socorrida, não resistiu aos ferimentos antes mesmo de dar entrada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Por volta de 20h, uma guarnição do 1º Batalhão da Polícia Militar foi acionada sob a informação que havia uma pessoa ferida com golpes de faca nas costas, no entanto, quando a PM chegou ao local a vítima já havia sido atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Durante o trajeto até o hospital, o morador de rua acabou não resistindo e seu corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O corpo possuía uma cicatriz no abdômen e várias tatuagens nos membros superiores e inferiores com nomes de Reginaldo, Patrícia, Érica, Deus é fiel, além de um desenho do corpo de uma mulher, características que serviram para facilitar o reconhecimento da vítima.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DHPP identifica morador de rua assassinado no Centro de Teresina

Homem morre após ser esfaqueado no Mercado Central de Teresina

Mais conteúdo sobre: