Polícia

Acusado de matar cabo Valdir se entrega à polícia em Timon

Ele foi conduzido para a Delegacia Regional da cidade, onde prestou depoimento e deu todos os detalhes do crime.

THAIS GUIMARÃES
- atualizado

Se entregou a Polícia Civil, na noite desta sexta-feira (10), Juliano Kelson Mourão da Silva, último envolvido no caso do cabo da Polícia Militar Valdir do Vale, assassinado a tiros na última terça-feira (07) em Teresina. Juliano foi preso por policiais da Delegacia de Homicídios em Timon, e confessou ter atirado no policial.

Em entrevista ao GP1, o coordenador da Delegacia de Homicídios, delegado Francisco Costa, o Barêtta, contou que a família do acusado, acompanhada de um advogado, procurou a polícia durante a manhã do mesmo dia e informou que Juliano Mourão tinha interesse em se entregar. “Indicaram onde ele estava, em Timon, no bairro parque Piauí. Eu solicitei que o delegado Higgo Martins fosse até lá com uma equipe, chegando lá, localizaram ele numa residência e deram voz de prisão. Ele estava lá como se estivesse esperando ser preso”, afirmou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegado BarêttaDelegado Barêtta

O delegado explicou que Juliano está preso na penitenciária Jorge Vieira, em Timon, devido ao fato de ter realizado outro crime na cidade e possuir mandado de prisão em aberto no seu nome. “Ele praticou um roubo no ano passado em Timon e foi conduzido para a Delegacia Regional da cidade, onde foi ouvido, prestou depoimento e deu todos os detalhes do crime”, esclareceu.

Ainda segundo Barêtta, o caso foi finalizado e o inquérito deve ser concluído na próxima semana. “Vamos cumprir nosso mandado [de prisão] e concluir o inquérito na próxima semana para encaminhar ao poder judiciário”, pontuou.

Entenda o caso

O policial militar Valdir Mendonça foi assassinado a tiros na última terça-feira (07), na Avenida Jóquei Clube, zona leste de Teresina. O PM passava pelo local em seu veículo, quando presenciou indivíduos tentando realizar um assalto. Ele reagiu à ação e trocou tiros com os sujeitos, sendo atingido com dois tiros. O policial morreu a caminho do hospital.

Mais conteúdo sobre: