Piracuruca - PI

Acusado de matar empresária na frente da filha em Piracuruca é indiciado

Em entrevista ao GP1, o delegado Hugo Alcântara, titular da delegacia de Piracuruca, afirmou que após o crime o acusado fugiu, vindo a se apresentar recentemente, momento em que foi preso.

Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

Um homem conhecido apenas como Rocha Brito foi indiciado pelo crime de feminicídio majorado pela morte da empresária Francisca Soares, que era esposa do acusado. A vítima foi assassinada com vários golpes de faca na frente da filha de 4 anos, na noite do dia 19 de julho, dentro da casa do casal, onde também funciona uma farmácia de propriedade dos dois no município de Piracuruca, região Norte do Piauí.

Em entrevista ao GP1, o delegado Hugo Alcântara, titular da delegacia de Polícia Civil da cidade, afirmou que após o crime o acusado fugiu, vindo a se apresentar recentemente, momento em que foi preso por força de um mandado de prisão.

  • Foto: Reprodução/WhatsAppRocha Brito ao lado da vítima, que foi encontrada mortaRocha Brito ao lado da vítima, que foi encontrada morta

“Finalizei o inquérito a pouco tempo, e ele foi indiciado por feminicídio majorado, já que no decorrer do inquérito ficou comprovado que o acusado cometeu o crime na presença de uma criança de 4 anos, que é filha da empresária. O acusado segue preso provisoriamente”, concluiu Hugo Alcântara.

Entenda o caso

Na noite de 19 de julho, agentes da vigilância sanitária do município foram acionados, sob informação que a farmácia da vítima estava funcionando fora do horário determinado pelo município. Ao chegarem ao local, os profissionais foram atendidos pela criança, que afirmou que a mãe estava coberta de sangue no quarto.

Quando os policiais militares se dirigiram à farmácia, que fica na mesma estrutura da residência, acabaram constatando que a mulher estava morta. A área foi isolada até a chegada da perícia criminal.

NOTÍCIA RELACIONADA

Empresária é assassinada na frente da filha de 4 anos em Piracuruca

Mais conteúdo sobre: