Teresina - PI

Acusado de matar PM é executado com vários tiros no bairro Dirceu

Segundo informações da tenente-coronel Elza, o crime aconteceu por volta das 23h deste domingo (24).

Nayrana Meireles
Teresina
- atualizado

Um presidiário identificado como Larterth Kleuton mendes, de 30 anos, acusado de participar do assassinato de um policial militar identificado como Paulo em 2011, que fazia a segurança de uma agência dos Correios, foi executado com vários tiros na noite deste domingo (24), em frente a sua casa, no bairro Dirceu, zona sudeste de Teresina. Ele estava solto por indulto de Natal.

Segundo informações da tenente-coronel Elza, dois homens em uma motocicleta avistaram a vítima e efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra ele. “Ele foi alvejado com vários tiros e veio a óbito no local”, disse.

Ainda segundo a tenente-coronel, o presidiário é acusado de ter participado do assassinado de um policial militar. “Ele é acusado de ter envolvimento com o assassinato do soldado Paulo, do 8º batalhão, quando o policial fazia a segurança particular da agência dos Correios do bairro Dirceu I. O crime aconteceu há alguns anos atrás”, completou.

Mais conteúdo sobre: