Teresina - PI

Acusado de matar sogro durante festa de Natal em Teresina é absolvido

O Conselho de Sentença, por maioria dos votos, reconheceu a autoria e materialidade do crime, porém absolveu o réu Kaique Jhony Abade Lira.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O Conselho de Sentença do Tribunal Popular do Júri absolveu Kaique Jhony Abade Lira, réu na Justiça acusado de assassinar o próprio sogro durante uma festa de Natal, no dia 25 de dezembro de 2013 no Parque Vitória, zona sul de Teresina. A decisão foi dada nesta sexta-feira (21).

No julgamento, tanto a defesa quanto a acusação sustentaram suas alegações e o Conselho de Sentença, por maioria dos votos, reconheceu a autoria e materialidade do crime, porém absolveu o réu. Com a decisão, o juiz Sandro Francisco Rodrigues, da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri, julgou improcedente a pretensão punitiva do acusado.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal de Justiça do Piauí- TJTribunal de Justiça do Piauí- TJ

Em fevereiro do ano passado, a juíza Maria Zilnar Coutinho Leal, da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri, pronunciou o acusado a ser submetido a julgamento pelo Júri Popular. Em seu interrogatório, Kaique Jhonhy Abade Lira, acusado pelo crime, declarou que desferiu um golpe de faca contra vítima durante uma discussão após ter ingerido bebida alcoólica.

“O próprio acusado Kaique Jonhy Abade Lira, em seu interrogatório prestado em Juízo, declarou que desferiu um golpe de faca contra a vítima durante uma discussão que travaram. Declarou ainda que estava alterado porque tinha ingerido bebida alcoólica”, destacou a magistrada.

Crime

Por volta de 15h30 do dia 15 de dezembro, a vítima identificada como Antônio Gomes Lacerda Neto, 51 anos e foi morta enquanto comemorava o Natal com a família. Na residência onde ocorreu o crime estavam presentes a filha de vítima, um bebê e alguns amigos.

Na época do ocorrido, a filha da vítima era esposa do suspeito e conforme os autos, o “acusado e vítima discutiram verbalmente e depois, passaram a travar luta corporal, e em seguida, o acusado foi à cozinha, pegou uma faca de cima da geladeira, e partiu para cima da vítima; que a depoente então saiu correndo para pedir ajuda e ao retornar, já viu o acusado saindo de casa correndo, com a faca na mão, suja de sangue, limpando o instrumento na camisa”.

NOTÍCIA RELACIONADA

TJ marca julgamento de acusado de matar sogro em Teresina