Piauí

Aeroporto de Teresina tem combustível apenas para um ou dois dias

A causa é a greve de caminhoneiros e os bloqueios às distribuidoras.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

Um relatório divulgado pela Infraero, nesta quarta-feira (22), informa que o aeroporto Senador Petrônio Portela, em Teresina, só tem combustível suficiente para abastecer as aeronaves apenas até esta quinta-feira (24) ou sexta-feira (25). A causa é a greve de caminhoneiros e os bloqueios às distribuidoras.

A greve dos caminhoneiros entrou no terceiro dia e já afeta 23 estado, inclusive o Piauí, mais o Distrito Federal. Alguns atos ocorrem diante de refinarias, impedindo a saída de caminhões-tanque.

Além de Teresina, podem ser afetados os aeroportos de Santos Dumont-RJ, Goiânia-GO, Campo Grande-MS, Ilhéus-BA, Foz do Iguaçu-PR e Londrina-PR.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Aeroporto de TeresinaAeroporto de Teresina

Já os aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e os de Palmas (Tocantins), Recife (Pernambuco), Maceió (Alagoas) e Aracaju (Sergipe) têm combustível somente até esta quarta.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) recomenda aos passageiros "com voos marcados para os próximos dias que consultem as empresas aéreas antes de se deslocarem para os aeroportos até que a situação se normalize".

Em nota, a Infraero informou estar "monitorando o abastecimento de querosene de aviação por parte dos fornecedores que atuam nos terminais e já alertou aos operadores de aeronaves que avaliem seus planejamentos de voos para que cada um possa definir sua melhor estratégia de abastecimento de acordo com o estoque disponível na origem e destino do voo".

Confira abaixo a nota na íntegra

A Infraero está monitorando o abastecimento de querosene de aviação por parte dos fornecedores que atuam nos terminais e já alertou aos operadores de aeronaves que avaliem seus planejamentos de voos para que cada um possa definir sua melhor estratégia de abastecimento de acordo com o estoque disponível na origem e destino do voo.

Ao mesmo tempo, a Infraero está em contato com órgãos públicos relacionados ao setor aéreo para garantir a chegada dos caminhões com combustível de aviação aos aeroportos administrados pela empresa.

Sobre o relatório mencionado pela reportagem, trata-se de um levantamento diário da Infraero e que ajuda a empresa a monitorar a situação do fornecimento de querosene de aviação pelas fornecedoras, além de auxiliar na proposta de ação por parte do Poder Público no sentido de garantir o abastecimento das aeronaves.

Aos passageiros, a Infraero recomenda que procurem suas companhias para consultar a situação de seus voos. Aos operadores de aeronaves, a empresa orienta que façam a consulta sobre a disponibilidade de combustível na origem e no destino do voo programado.

A Infraero compreende o direito de manifestação, mas entende que os protestos devem ocorrer sem afetar o direito de ir e vir das pessoas, bem como a segurança das operações aeroportuárias.

Veja a situação específica dos aeroportos da Infraero:

Têm combustível apenas até esta quarta-feira - 5 aeroportos:

Congonhas (SP) - "As carretas da BR Distribuidora foram bloqueadas e não conseguiram chegar no aeroporto. A Shell conseguiu trazer 4 das 10 carretas previstas"

Recife (PE) -"Chegaram quatro carretas do Rio Grande do Norte e, com contingência aplicada pelas companhias aéreas, temos estoque até as 18h de hoje [quarta]"

Aracaju (SE) - "Querosene suficiente até esta quarta e gasolina até quinta. Há caminhões parados em Feira de Santana/BA, distante 300 km de Aracaju, ou quatro horas)";

Palmas (TO) -"Caminhão da BR parado em Gurupi-TO. Previsão de estoque até meio-dia. O da Shell está parado em Paulínia-SP";

Maceió (AL)- Shell tem estoque apenas para hoje. BR tem estoque para dois dias. Solicitado apoio da Polícia Rodoviária Federal para liberar caminhão preso em barreira".

Combustível para mais um dia ou dois - 7 aeroportos

Santos Dumont (RJ) - Tem combustível para mais um dia, até 24/5;

Goiânia (GO) - "Combustível atende a aviação até o dia 24";

Teresina (PI) -"Autonomia até 25/5";

Campo Grande (MS) - "Estoque até sexta 25/5";

Ilhéus (BA) -"Em função das carretas não conseguire passar no bloqueio em Cruz das Almas, caso não chegue até amanhã às 08:30, o abastecimento do aeroporto estará comprometido";

Foz do Iguaçu (PR)- Mesmo usando todo o estoque da BR, teremos combustível somente até amanhã";

Londrina (PR)- "Combustível (...) para hoje e amanhã. Previsão de reposição de estoque para amanhã".

Combustível suficiente para três dias ou mais -

Joinville (SC);

São Luís (MA);

Navegantes (SC);

Manaus (AM);

Uberaba (MG)

Uruguaiana (RS);

João Pessoa (PB);

Uberlândia (MG);

São José dos Campos (SP);

Paulo Afonso (BA);

Santarém (PA);

Juazeiro do Norte (CE).

MATÉRIAS RELACIONADAS

Caminhoneiros fazem novos protestos em vários estados do Brasil

Caminhoneiros bloqueiam trecho da PI 247 em Uruçuí

Presidente da Petrobras descarta mudança na política de preços

Manifestação de caminheiros já dura mais de 10 horas em Uruçuí

Petrobras anuncia nova redução no preço dos combustíveis