Coronavírus no Piauí

Banco Central dos EUA corta justos para perto de zero

O objetivo dessas medias é blindar o mercado financeiro e a economia americana do pânico causado pela pandemia do coronavírus.

Por  Estadão Conteúdo

O Banco Central dos Estados Unidos (FED), cortou neste domingo (15), a taxa básica de juros americana para próximo de zero.

Segundo o New York Times, o banco também vai aumentar sua participação em títulos do Tesouro americano em pelo menos 500 bilhões de dólares e títulos públicos lastreados em hipotecas em outros 200 bilhões de dólares nos próximos meses.

Ainda de acordo com o New York Times, também foram eliminados os depósitos compulsórios dos bancos para que eles tenham mais liquidez.

O objetivo dessas medidas é blindar o mercado financeiro e a economia americana do pânico causado pela pandemia do coronavírus.

Mais conteúdo sobre: