Política

Bolsonaro: acordos em nome da governabilidade levaram Temer à prisão

Ao desembarcar em Santiago, no Chile, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a prisão do ex-presidente Michel Temer foi resultado dos acordos políticos em nome da governabilidade.

Por  Estadão Conteúdo

Ao desembarcar em Santiago, no Chile, nesta quinta-feira, 21, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a prisão do ex-presidente Michel Temer foi resultado dos acordos políticos feitos pelo emedebista em nome da governabilidade.

"O que levou a essa situação, pelo que parece, são os acordos políticos dizendo-se em nome da governabilidade", disse Bolsonaro, quando perguntado sobre a prisão de Temer.

  • Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão ConteúdoPresidente Jair Bolsonaro Presidente Jair Bolsonaro

Ele procurou se diferenciar do antecessor afirmando que governa sem esse tipo de acordo. "A governabilidade você não faz com esse tipo de acordo, no meu entender. Você faz indicando pessoas sérias e competentes para integrar o seu governo. É assim que fiz no meu governo, sem acordo político, respeitando a Câmara e o Senado brasileiro."

Por duas vezes, Jair Bolsonaro declarou que a Justiça é para todos. "Cada um responda pelos seus atos. A Justiça nasceu para todos", disse, sobre Temer.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MPF: Contrainteligência foi usada por Temer para confundir Lava Jato

Grupo de Michel Temer movimentou R$ 1,8 bilhão em propinas, diz MPF

Prisão é originária de um dos 10 inquéritos contra Michel Temer

Mais conteúdo sobre: