Saúde

Covid-19: EUA passam China e se tornam país com maior número de infectados

De acordo com dados coletados pelo 'New York Times', há 81.578 pessoas infectadas com o coronavírus, incluindo mais de mil mortes.

Por  Estadão Conteúdo

Os Estados Unidos ultrapassam a China e agora lideram o mundo em casos confirmados de coronavírus: quase 82 mil. Os cientistas alertaram que o país um dia se tornariam o mais atingido pela pandemia de coronavírus. Esse momento chegou nesta quinta-feira, 26, de acordo com dados coletados pelo New York Times e pela Universidade Johns Hopkins.

Nos Estados Unidos, sabe-se que pelo menos 81.578 pessoas foram infectadas com o coronavírus, incluindo mais de 1.000 mortes - mais casos do que a China (81,3 mil), a Itália (80,5 mil) ou qualquer outro país até agora.

Com 330 milhões de residentes, os Estados Unidos são a terceira nação mais populosa do mundo, o que significa que ela fornece um vasto conjunto de pessoas que podem potencialmente receber a covid-19, doença causada.

Em uma democracia ampla e cacofônica, em que os Estados estabelecem suas próprias políticas e o presidente Donald Trump envia mensagens contraditórias sobre a escala do perigo e como combatê-lo, não houve, segundo o jornal, uma resposta coerente e unificada a uma grave ameaça à saúde pública.

"Embora o sistema médico americano seja insuperável e seu sistema de saúde pública tenha a reputação de ser um dos melhores do mundo, uma série de erros e oportunidades perdidas prejudicaram a resposta do país", afirma o jornal.