Teresina - PI

Decretada preventiva de acusado de tentar matar homem no Jardim Europa

O acusado tentou matar o carpinteiro Erisnaldo dos Santos Bezerra com golpes de foice. A vítima ficou com ferimentos graves na região da cabeça.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O juiz Filipe Bacelar Aguiar Carvalho, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, decretou a prisão preventiva de Francisco Pereira dos Santos Alves, acusado de tentar assassinar um homem com golpes de foice no último sábado (13). A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (17).

Na decisão, o magistrado considerou que as circunstâncias do caso apontam que o acusado é perigoso e voltado para práticas delituosas, além de já ter respondido pelos crimes de roubo, homicídio, violência doméstica e porte ilegal de arma de fogo.

“Ademais, as circunstâncias do caso concreto, além de apontarem suficientemente a presença dos requisitos, indicam tratar-se o autuado de indivíduo perigoso, voltado a práticas delituosas, visto que, além do presente, responde/respondeu a outros feitos criminais tais como: roubo majorado, homicídio qualificado, violência doméstica e vários processos por porte ilegal de arma de fogo”, destacou o juiz.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Francisco Pereira dos Santos AlvesFrancisco Pereira dos Santos Alves

Entenda o caso

A Polícia Militar do Piauí, através da Força Tática do 8º BPM, prendeu Francisco Pereira dos Santos Alves, mais conhecido como Vilela, acusado de tentar matar o carpinteiro Erisnaldo dos Santos Bezerra com golpes de foice, no último sábado (13). Ele foi preso, na tarde da terça-feira (16), no bairro Jardim Europa, na zona sudeste de Teresina.

Segundo o delegado Odilo Sena, além de Erisnaldo, o acusado tentou matar outras duas pessoas no final de semana. “É um indivíduo de extrema periculosidade, já tem três homicídios, no sábado ele tentou matar esse rapaz e no domingo tentou matar mais duas pessoas”, relatou.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Erisnaldo foi atacado com golpes de foiceErisnaldo foi atacado com golpes de foice

O delegado declarou ainda que desde a hora do crime, às 22h do sábado, equipes das Polícias Civil e Militar estavam em diligências no sentido de localizar o acusado.

A vítima contou que não sabe o motivo do ataque. “Eu estava na casa do meu amigo, ele me chamou e quando eu saí e estava próximo dele, ele largou a foice em mim, corri poucos metros e ele me acertou mais. O motivo até hoje eu não sei, isso para mim é uma surpresa”, narrou.

NOTÍCIA RELACIONADA

Acusado de tentar matar homem com foice é preso em Teresina