Curitiba - PR

Delegado é acusado de assassinar esposa e enteada a tiros no Paraná

O caso ocorreu dentro da residência da família e o delegado foi preso logo após o crime.

Jeyson Moraes
Teresina
- atualizado

Um delegado identificado como Erick Busetti é suspeito de assassinar a esposa e a enteada a tiros no fim da noite desta quarta-feira (4), em Curitiba-PR. Ele foi preso em flagrante logo após o crime.

Segundo a Polícia Civil do Paraná, a esposa dele, que foi identificada como Maritza Guimarães de Souza, também era policial civil e trabalhava como escrivã. Quando o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) chegou ao local, as vítimas já estavam mortas.

A mulher tinha 41 anos e a enteada tinha 16. O crime foi registrado na casa da família e a filha do casal, de apenas nove anos, estava dormindo no momento do delito e foi levada pelo próprio acusado para a casa de um vizinho após o crime.

Quando a polícia chegou no local, o delegado se rendeu, foi preso e deve responder pelo crime de feminicídio. Os corpos das duas vítimas foram removidos do local e a polícia realizou a perícia.

Mais conteúdo sobre: