Piauí

Desembargadora Liana Ferraz é eleita presidente do TRT-22ª Região

Na sessão administrativa, foi escolhido ainda o vice-presidente e corregedor, o desembargador Francisco Meton Marques de Lima para o biênio 2021/2022.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

A desembargadora Liana Ferraz de Carvalho foi eleita presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região por aclamação na manhã desta quarta-feira (21). Na sessão administrativa, foi escolhido ainda o vice-presidente e corregedor, o desembargador Francisco Meton Marques de Lima para o biênio 2021/2022.

Em pronunciamento, a desembargadora Liana Ferraz agradeceu o apoio de seus pares e destacou que pretende contribuir de forma equilibrada durante a gestão do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região. “Agradeço, primeiramente, a Deus e aos meus pares que me confiaram a gestão do TRT-22. Quero contribuir de forma positiva, equilibrada e pacífica, sobretudo neste momento de grande desafio que estamos vivendo em face à pandemia”, pontuou.

  • Foto: Divulgação/TRT-PIPosse da Juíza Liana FerrazLiana Ferraz

Após aclamação, a atual presidente do TRT-22, Liana Chaib, parabenizou a nova presidente eleita. “Desejamos sucesso na próxima gestão e que ela venha para engrandecer ainda mais esta Justiça especializada”, afirmou.

Veja a composição da mesa diretora

Diretor e Vice-Diretor da Escola Judicial (EJUD 22) do TRT: desembargadores Liana Chaib e Marco Aurélio Lustosa Caminha. Para Ouvidoria foram escolhidos o desembargador Manoel Edilson Cardoso e o desembargador Arnaldo Boson Paes para vice-ouvidoria.

Também foram escolhidos os membros das Comissões Permanentes e foi definida a nova composição das Turmas do Tribunal para o próximo biênio.

Conheça os dirigentes eleitos para o biênio 2021/2022 do TRT da 22ª Região

Desembargadora Liana Ferraz

Liana Ferraz é bacharel em Direito pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), foi presidente da Associação dos Magistrados Trabalhistas do Piauí (AMATRA 22) e participou de movimentos em defesa da magistratura do trabalho e da Justiça do Trabalho.

Desembargador Francisco Meton Marques de Lima

Possui graduação em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e mestrado em Direito e Desenvolvimento pela UFC e doutorado em Direito Constitucional pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente, é professor Titular da Universidade Federal do Piauí. Elaborou os projetos que resultaram na criação do TRT-22, Procuradoria Regional do Trabalho e 10 Varas do Trabalho no Estado do Piauí.