Teresina - PI

DHPP prende acusado de tentar matar filho de PRF em Teresina

Na ocasião, o mecânico Edilson da Silva Santos Filho, que acompanhava Matheus, acabou sendo atingido por um dos disparos e morreu.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Os policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP - elucidaram um crime ocorrido no último dia 03 de novembro 2018, envolvendo a tentativa de homicídio do filho de um policial rodoviária federal, que terminou com um mecânico assassinado. O fato foi registrado na Avenida Nicanor Barreto, localizada no bairro Vale Quem Tem, zona leste de Teresina.

De acordo com o delegado Hildson Rodrigues, ficou comprovado que no início da noite do crime o filho do PRF, Augusto Matheus Falcão de Montanha Costa, se deslocava pela Avenida Nicanor Barreto em seu veículo, um Fiat Uno, juntamente com o mecânico Edilson da Silva Santos Filho, quando foi interceptado pelo acusado identificado como Israel de Macedo Silva, que estava acompanhado de uma mulher em uma motocicleta.

  • Foto: Divulgação/DHPPIsrael de Macedo SilvaIsrael de Macedo Silva

“O Augusto estava se deslocando para casa, quando Israel sacou da arma, com a moto em movimento e o carro em movimento, e descarregou na lateral do motorista, exatamente onde Augusto Matheus se encontrava, no entanto, os projéteis acertaram o Edilson, que estava no banco do passageiro”, explicou o delegado.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegado Hildson RodriguesDelegado Hildson Rodrigues

Logos após os disparos, Augusto Matheus se evadiu ileso para o bairro Planalto Uruguai, onde acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para socorrer o mecânico. “Augusto se refugiou em uma lanchonete, pediu socorro, ligou para o Samu, e o Edilson ainda chegou ser socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no HUT”, acrescentou o delegado Hildson Rodrigues.

Com o depoimento de Augusto Matheus, os policiais conseguiram identificar o autor dos disparos que, inclusive, há havia atentado contra a vida de Augusto em outra ocasião. Diante dos fatos, o delegado solicitou um mandado de prisão em desfavor de Israel de Macedo Silva, que foi cumprido na manhã dessa quarta-feira (24) na Vila Santa Bárbara, zona leste da Capital.

Motivação

O inquérito que apura os crimes ainda não foi finalizado. Para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP – houve um conflito entre o filho do PRF e o acusado, fato que ainda não foi estabelecido e será alvo de maiores esclarecimentos. O mecânico, portanto, não era alvo do acusado.

Reincidente

Durante as investigações do DHPP, para a surpresa dos investigadores, ficou comprovado também que 35 dias depois Israel voltaria a cometer outro homicídio. Dessa vez, contra um garçom, em frente ao Toca do Bode, localizada na Avenida João XXIII. Toda a ação foi flagrada por câmeras de segurança, que auxiliaram na elucidação do crime.

Mais conteúdo sobre: