União - PI

Enem 2019: dono de paredão de som é preso pela PM em União

Ele estava com o som automotivo ligado próximo a uma escola, onde ocorria a aplicação da prova do Enem 2019.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O proprietário de um paredão de som foi preso em União na tarde desse domingo (03), acusado de desobediência à Polícia Militar. Ele estava com o som automotivo ligado próximo a Unidade Escolar Barão de Gurguéia, onde ocorria a aplicação da prova do Enem 2019, e mesmo após o pedido para desligar o aparelho ele ligou novamente o som e deu-se início a uma confusão.

De acordo com o capitão Miguel Luz, a prisão do homem ocorreu no momento em que os policiais foram acionados novamente pela diretora da escola. Dessa vez, ele resistiu ao receber voz de prisão e ainda incitou os populares a agir contra os policiais.

  • Foto: Divulgação/PM-PIViatura com o vidro quebradoViatura com o vidro quebrado

“Ontem estava havendo a aplicação das provas do Enem e esse paredão estava próximo a um colégio. A diretora chamou a Polícia Militar, informando que o som estava prejudicando o andamento da aplicação das provas. Os policiais foram lá, ele abaixou o volume do som e quando a PM saiu, ele aumentou de novo. A diretora voltou a ligar para a Polícia Militar e quando os policiais retornaram, o tenente que estava à frente da guarnição deu voz de prisão por desobediência e fez a apreensão do paredão. Ele resistiu à prisão, causou um tumulto e ao ser colocado no porta-malas da viatura ele chutou o vidro, que quebrou”, pontuou.

  • Foto: Divulgação/PM-PIParedão de som apreendidoParedão de som apreendido

O capitão informou logo depois que o homem foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina, onde foi autuado por desobediência, desacato, resistência, perturbação do sossego alheio e dano ao patrimônio público.

Mais conteúdo sobre: