Geminiano - PI

Ex-prefeito de Geminiano Tony Borges aparece na lista de inelegíveis do TCE

Ex-gestor teve as contas referentes ao ano de 2011 reprovadas e por isso foi enquadrado na lei da ficha suja.

José Maria Barros
Picos
- atualizado

O sonho de voltar ao comando do município está cada vez mais distante para o ex-prefeito de Geminiano Antônio Borges Neto, o Tony Borges (MDB). Nesta terça-feira, 30 de junho, seu nome foi incluído na lista de inelegíveis do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI).

Tony Borges teve as suas contas referentes aos anos de 2011 e 2012 julgadas irregulares. As decisões já transitaram em julgado no TCE, por isso o ex-gestor, a princípio, é considerado ficha suja e, portanto, impossibilitado de concorrer a qualquer cargo público.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Tony BorgesTony Borges

O TCE-PI ressalta, no entanto, que as decisões proferidas pela corte podem não prevalecer por decisão do Poder Legislativo respectivo, nos termos da Constituição Federal e da atual jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF).

Não é o caso do ex-prefeito Tony Borges, que teve as suas contas de governo referentes ao ano de 2011 reprovadas pela Câmara Municipal de Geminiano, durante sessão extraordinária realizada no dia 22 de agosto de 2018. Por seis votos a favor e três contas, a casa seguiu o parecer do TCE-PI e desaprovou as contas do ex-gestor.

Segundo a lista com os julgamentos da corte transitados em julgado dos últimos oito anos, o ex-prefeito de Geminiano Tony Borges teve suas contas de governo referentes ao exercício de 2012 reprovadas, Já as contas de gestão com irregularidades.

Tony Borges foi prefeito de Geminiano em dois mandatos seguidos. De 2005 a 2008 e 2009 a 2012. Ficou de fora do último pleito realizado em 2016, quando apoiou a candidatura de um irmão, que acabou derrotado nas urnas.

Em março deste ano, Tony Borges anunciou seu desejo de concorrer às eleições municipais de 2020, sonho que parece ter sido interrompido agora com o seu nome figurando na lista de inelegíveis do TCE.

NOTÍCIA RELACIONADA

TCE divulga lista com nomes de políticos inelegíveis no Piauí

Mais conteúdo sobre: