Teresina - PI

Filho de PM tenta atirar contra policiais e é baleado em Teresina

Segundo o investigar Erlon Viana, depois de ter sido alvejado, o suspeito foi imobilizado e teve o revólver calibre .38, com quatro munições, apreendido pelos policiais.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O filho de um sargento da Polícia Militar foi baleado na perna, no início da tarde desta quinta-feira (11), após tentar atirar contra os investigadores do 22º Distrito Policial no conjunto Leonel Brizola, zona norte de Teresina. O suspeito foi identificado como Lindomar de Sousa Campos Júnior, vulgo maracujá.

De acordo com o chefe de investigação do 22º DP, Erlon Viana, populares encaminharam uma denúncia anônima, dando conta que Lindomar estava efetuando disparos de arma de fogo em via pública e intimidando moradores na região. “Hoje nós fizemos o cerco, por volta de meio-dia, e ele estava com essa arma na mão, tentou efetuar um disparo contra um dos membros da nossa equipe e foi efetuado um disparo na perna dele, para contê-lo”, explicou o investigador.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Herlon Moraes Herlon Moraes

Ainda segundo Erlon Viana, depois de ter sido alvejado, o suspeito foi imobilizado e teve o revólver calibre .38, com quatro munições, apreendido pelos policiais.

Contra Lindomar de Sousa Campos Júnior há cinco processos em tramitação, um por roubo, porte ilegal de arma de fogo, dois por homicídio doloso e um por homicídio tentado e, ainda assim, não havia nenhuma medida cautelar em seu desfavor.

  • Foto: Divulgação/PC-PISuspeito foi preso por porte ilegal de arma de fogoSuspeito foi preso por porte ilegal de arma de fogo

“Agora ele está sendo autuado por porte ilegal de arma de fogo, mas não tem nenhuma medida cautelar contra ele, não usa tornozeleira. Eu espero que ele não saia amanhã na audiência de custódia, é uma pessoa de alta periculosidade e chega até ser desestimulador para nós policiais no outro dia ele ser liberado na audiência de custódia”, frisou.

Toda ação foi executada com o apoio da Diretoria de Inteligência da Polícia Militar do Piauí.