Nova Iguaçu - RJ

Filho mata a mãe e desova corpo em poço na própria casa no RJ

Ainda de acordo com a polícia, para controlar o cheiro do cadáver da mãe, Eduardo lacrou o poço, cobriu o buraco com brita e colocou um vaso de planta por cima.

Willyam Ricardo
Teresina
- atualizado

Uma mulher identificada como Sandra Maria Nicolau, de 44 anos, foi assassinada nesta segunda-feira (27), pelo seu próprio filho identificado como Eduardo Jonathan Nicolau Alves, de 23 anos, que foi preso e confessou o crime. O caso ocorreu na baixada fluminense, na cidade de Nova Iguaçu.

De acordo com a polícia, além de assassinar a mãe, Eduardo desovou o corpo no poço artesiano da casa onde viviam. A vítima completaria 45 anos no dia 30 de janeiro e foi vista com vida, pela última vez, nesta sexta-feira (24). O corpo de Sandra Maria só foi encontrado no dia seguinte.

  • Foto: ReproduçãoSandra Maria NicolauSandra Maria Nicolau

Ainda de acordo com a polícia, para controlar o cheiro do cadáver da mãe, Eduardo lacrou o poço, cobriu o buraco com brita e colocou um vaso de planta por cima. A movimentação chamou a atenção dos vizinhos, que denunciaram o caso à polícia. “Os vizinhos escutaram tudo e acionaram a polícia, mas eles só chegaram na tarde do sábado. Minha mãe ficou lá apodrecendo por horas. Ele não estava sozinho. Tenho testemunhas de que ele não agiu sozinho”, disse a filha de Sandra, Natasha Nicolau Kohlman.

Ainda de acordo com Natasha, depois de cometer o crime, Eduardo tirou todos os pertences da mãe, jogou alguns no lixou e tomou para si outros. A polícia vai investigar o caso.