Pajeú do Piauí - PI

Funasa confirma convênio para sistema de abastecimento em Pajeú

O superintendente regional da Funasa, José Raimundo, ressaltou que o convênio dá início ao PMSB e no caso de Pajeú, ajudará a atender a demanda de até 70% da população.

- atualizado

Imprescindível na elaboração dos Planos Municipais de Saneamento Básico (PMSB), a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) deu mais um importante passo na universalização do acesso à água em Pajeú, no Piauí. Nesta sexta-feira, 23 de novembro, foi assinado um convênio de R$ 1,3 milhão que garante o abastecimento para cerca de mil pessoas.

A assinatura do convênio contou com a participação da prefeita Sebastiana do Claúdio; o vice Dalvan Gonçalves e o secretário municipal de Governo Cláudio Pereira; além do deputado estadual eleito e ex-presidente da Funasa Henrique Pires, que foi preponderante na obtenção dos recursos para a cidade.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Falta de água em bairro de Teresina, faz moradores buscarem abastecimento em outro lugar.Para melhor abastecimento

Diante disso, o superintendente regional da Funasa, José Raimundo, ressaltou que o convênio dá início ao PMSB e no caso de Pajeú, ajudará a atender a demanda de até 70% da população. "Esse convênio que a prefeita celebrou hoje já é o início da execução do PMSB, que foi elaborado pelo município, esse plano municipal de saneamento básico é um planejamento de 20 anos para o município e isso já é o início do que vai ser executado para melhorar o saneamento básico de Pajeú, é um volume significativo de recursos que já abrange 65% a 70% da demanda da população. Isso é um grande passo que o município já conseguiu e pelo trabalho do deputado Henrique Pires e Átila Lira terá muito mais", comentou.

O primeiro sistema de abastecimento do município foi viabilizado através da antiga FNS (Fundação Nacional de Saúde) há mais de 20 anos, trabalho agora encabeçado pela Funasa; primeiro na zona rural com mais de 20 sistemas e agora na urbana, assim, José Raimundo sintetiza que o papel do órgão é de apoio aos municípios, onde toda e qualquer questão relacionada ao saneamento básico ela tem a missão de assessorar. "A Funasa acompanha todo e qualquer serviço e trabalho tanto da parte física quanto social para equacionar de maneira que os serviços executados favoreçam a saúde da comunidade", indicou.

A prefeita de Pajeú comemorou a assinatura do convênio, ressaltando que hoje parte da população ainda sofre com a escassez de água, situação que deve mudar com a liberação do convênio. "Vai resolver maior parcela desses problemas, contemplando principalmente aqueles que mais necessitam", afirmou.

O secretário municipal de Governo Cláudio Pereira sintetizou que o projeto é um sonho da comunidade de Vila Nova, o bairro mais carente de Pajeú do Piauí. "Infelizmente no início do mandato nós não conseguimos realizar esse sonho, mas agora através da parceria do Henrique Pires e da Funasa estamos hoje concretizando a primeira etapa deste projeto", afirmou.

"O presidente Michel Temer foi aquele que proporcionalmente mais investiu no Piauí. Só temos a agradecer a preocupação disposta por ele ao nosso Estado. Tenho que agradecer também ao presidente da Funasa Rodrigo Sérgio Dias, que sempre nos recebe com muita atenção e atende à demanda dos municípios piauienses", disse Henrique Pires.

Mais conteúdo sobre: