Timon - MA

GAECO prende motoristas de candidato a vereador com R$ 5,9 mil em Timon

Segundo o GAECO, em ambos os veículos havia material de campanha do candidato a vereador, que mesmo não sendo eleito, possuiu uma votação expressiva com o seu financiamento de campanha.

Davi Fernandes
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O Grupo de Atuação Especial de Combate à Organizações Criminosas (GAECO) da Regional de Timon, em parceria com o 11º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão, prendeu dois motoristas com quase R$ 6 mil em espécie e material de campanha de ex-candidato a vereador do PL em Timon, que não foi eleito no último domingo (15). A investigação apontou que o candidato possui ligações com o empresário identificado pelas iniciais W. dos S., que já foi preso pela Polícia Federal em setembro deste ano.

De acordo com o GAECO o ex-candidato é cunhado do empresário que foi preso na operação Integração. A equipe já tinha conhecimento dos veículos que eram utilizados por eles, então realizaram um acompanhamento desses veículos e solicitaram o apoio da Polícia Militar.

O veículo Ford Ka foi abordado e nele foram encontrados mais de R$ 4.900. Uma Hilux também foi abordada e nela tinha mais mil reais. Nos dois veículos havia material de campanha do candidato a vereador, que mesmo não sendo eleito, possuiu uma votação expressiva com o seu financiamento de campanha oriundo do empresário, segundo o GAECO.

Os dois motoristas foram autuados em flagrante, mas foram soltos na audiência de custódia, nesta segunda-feira (16).

NOTÍCIA RELACIONADA

Empresário é preso pela Polícia Federal na Operação Integração

Mais conteúdo sobre: