Teresina - PI

Hackers acusados de aplicar golpes são presos em operação do Greco

A ação dos criminosos consistia em obter os dados de correntistas, alterar documentos com os dados das contas e efetuar os saques em agências bancárias do interior do estado.

Davi Fernandes
Teresina
Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

Quatro hackers identificados como Deividi Rodrigues de Oliveira, Franciel Arnaud Pinto, Nayza Regina dos Santos Câmara e Rodrigo Cunha das Neves foram presos pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) nesta quarta-feira (16), acusados de organização criminosa, uso de documentação falsa e estelionato.

De acordo com a Secretaria de Segurança do Piauí (SSP-PI), a ação dos criminosos consistia em obter os dados de correntistas, alterar documentos com os dados das contas e efetuar os saques em agências bancárias do interior do estado.

  • Foto: Divulgação/SSP-PIAcusados presos pelo GRECOAcusados presos pelo GRECO

Ainda conforme a Secretaria de Segurança, os investigados estavam no Piauí há cerca de 2 meses e vinham sendo acompanhados pela equipe de investigação do GRECO. Os suspeitos são oriundos dos estados do Maranhão e do Pará.

Com o andamento das investigações, foram apreendidos documentos falsos, dados de contas correntes e equipamentos de informática usados para falsificar os documentos.

Após serem realizadas as prisões, os acusados serão interrogados e encaminhados para o sistema prisional.

Mais conteúdo sobre: