Teresina - PI

Major Diego se apresenta a polícia após matar bandido na Pague Menos

O advogado da Amepi, Otoniel Bisneto, ainda pontuou que não houve uso excessivo da força por parte do policial militar.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

O major Diego Melo (PROS-PI) compareceu, na manhã desta segunda-feira (20), à sede da Corregedoria da Polícia Militar do Piauí para entregar a arma utilizada para balear e matar um bandido durante uma tentativa de assalto na farmácia Pague Menos, na Avenida Miguel Rosa, zona sul de Teresina na manhã deste domingo (20).

A arma irá passar por uma perícia criminal e não há previsão de quando o policial vai recebe-la novamente. O major também se apresentou no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Major DiegoMajor Diego

O advogado da Associação dos Oficiais Militares do Estado, Otoniel Bisneto, disse que o major agiu dentro da lei e em legítima defesa. “Primeiro lugar, deixar claro que o policial militar tem o dever e a obrigação de agir. E o major Diego agiu acobertado pela excludente licitude, exercício regular do direito estrito cumprimento dever legal e em legítima defesa. Portanto, foi uma ação legítima”, comentou.

Otoniel também destacou que não houve uso excessivo da força por parte do major. “Deixar claro também que não houve o uso excessivo da força, até porque as pessoas mais leigas podem pensar ‘ah, mas os assaltantes estavam com facas e o major com arma de fogo’ e essa é justamente a grande questão. Um tiro pode ser efetuado a 30 centímetros, mesmo em curta distância, você pode errar, enquanto a faca, no jargão popular, você não dá viagem perdida”, completou.

Entenda o caso

Na manhã deste domingo (19), por volta de 09h40, um assaltante foi morto durante uma tentativa de assalto na farmácia Pague Menos, situada na Avenida Miguel Rosa, zona sul de Teresina. De acordo com o 1º BPM, dois criminosos adentraram no estabelecimento comercial e anunciaram o assalto. Eles estavam armados com uma faca.

O major Diego Melo chegou na farmácia e tentou impedir a ação. A dupla ainda resistiu e o policial efetuou um disparo de arma de fogo. O indivíduo que foi baleado veio a óbito e o outro foi imobilizado e preso. Todo o fato foi filmado por meio das câmeras de segurança do estabelecimento.

Mais conteúdo sobre: