Saúde

Ministério da Saúde confirma 87 casos de microcefalia no Piauí

Os dados afirmam ainda que 73 ocorrências foram descartadas e nove estão sendo investigadas no Estado.

BRUNA DIAS, DO GP1

Dos 169 casos notificados de microcefalia, o Piauí já tem 87 confirmados segundo o último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (22). Os dados afirmam que 73 ocorrências foram descartadas e nove estão sendo investigadas no Estado.

De acordo com o relatório semanal, até o dia 18 deste mês foram confirmados 1.616 casos da doença e outras alterações do sistema nervoso, sugestivos de infecção congênita em 576 municípios de todo o país.

Em outubro de 2015 foram notificados 8.039 casos suspeitos. Do total, foram descartados 3.416 por apresentarem exames normais ou por indicarem microcefalia ou malformações confirmadas por causa não infecciosas. Além disso, outros 3.007 seguem em investigação.

No mesmo período, foram registrados 324 mortes suspeitas e 86 confirmadas de microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central durante a gestação ou após o parto no Brasil. Outros 182 permanecem em investigação e 56 foram descartados.

O Ministério da Saúde informou ainda que do total de notificações suspeitas, 233 foram confirmadas por critério laboratorial especifico para o zika vírus e considera que houve infecção pelo zika na maioria das mães que tiveram bebês com diagnóstico final de microcefalia.

A Saúde orienta as grávidas que adotem medidas que possam diminuir a presença do mosquito aedes aegypti, eliminando criadouros, protegendo-se da exposição de mosquitos, mantendo portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.