Coronavírus no Piauí

Ministério Público alerta 30 prefeitos do Piauí sobre uso da cloroquina

Segundo o MP, os medicamentos hidroxicloroquina, cloroquina, nitazoxanida e ivermectina são de prescrição, dispensação e uso controlado, cuja dispensação somente deve ocorrer com receita médica.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Grupo das Promotorias Integradas no Acompanhamento da Covid-19, da região de Floriano, do Ministério Público do Estado, no dia 27 de julho, expediu uma recomendação para prefeitos de 30 municípios piauienses sobre a necessidade de prescrição e dispensação dos medicamentos visando prevenir e combater a covid-19, principalmente com relação a hidroxicloroquina, cloroquina, nitazoxanida e ivermectina, cuja dispensação somente deve ocorrer por meio de receita médica.

Segundo o órgão ministerial, os medicamentos hidroxicloroquina, cloroquina, nitazoxanida e ivermectina são de prescrição, dispensação e uso controlado, cuja dispensação ou venda somente mediante apresentação de receita médica.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Ministério Público do PiauíMinistério Público do Piauí

O grupo pede que os prefeitos e secretários municipais da Saúde, adotem todas as medidas técnicas e administrativas necessárias para que aconteça a devida prescrição e dispensação desses medicamentos.

A recomendação é para os municípios de: Amarante, Angical do Piauí, Antônio Almeida, Arraial, Baixa Grande do Ribeiro, Bertolínia, Canavieira, Colônia do Gurgueia, Eliseu Martins, Flores do Piauí, Floriano, Francisco Ayres, Guadalupe, Itaueira, Jardim do Mulato, Jerumenha, Landri Sales, Manoel Emídio, Marcos Parente, Nazaré do Piauí, Pajeú do Piauí, Palmeirais, Pavussu, Porto Alegre do Piauí, Regeneração, Ribeiro Gonçalves, Rio Grande do Piauí, São José do Peixe, Sebastião Leal e Uruçuí.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais de 170 detentos já contraíram covid-19 no Piauí

Brasil já possui 1.721.560 pessoas recuperadas da covid-19

Piauí registra 1.292 mortes e 48.962 casos confirmados de covid-19