Brasil

Morre esposa do ex-ministro Guido Mantega, Eliane Berger

Eliane lutava contra o câncer desde quando o marido ainda era ministro da Fazenda. Nos últimos dia teve uma piora e teve falência múltipla dos órgãos.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Na madrugada deste domingo (12), a psicanalista Eliane Berger, mulher do ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, faleceu em decorrência de um câncer. Eliane tinha 56 anos e lutava contra a doença desde quando o marido ainda era ministro. Na última semana ela teve falência múltipla dos órgãos.

O estado de saúde da esposa de Mantega pirou na última semana e foi registrada falência múltipla de órgãos. O velório acontece no Cemitério Israelita do Butantã, na zona oeste de São Paulo. O enterro estava previsto para acontecer às 15h.

  • Foto: Pablo Valadares/Estadão ConteúdoGuido MantegaGuido Mantega

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, lamentou a morte de Eliane por meio de nota. “O Partido dos Trabalhadores está solidário com o companheiro Guido Mantega, pela perda, nesta madrugada, de sua querida mulher Eliane Berger. Guido e Eliane suportaram um prolongado sofrimento nos últimos anos, agravado por inaceitáveis manifestações de ódio e perseguição”, diz a nota.

Em setembro de 2016, Mantega foi preso pela Polícia Federal enquanto aguardava por uma cirurgia de Eliane no Hospital Albert Einstein. O juiz Sérgio Moro revogou no mesmo dia a prisão, alegando que como as buscas e apreensões já tinham sido feitas e por conta do estado de saúde da esposa não havia necessidade de mantê-lo detido.