Domingos Mourão - PI

Motorista é acusado de dirigir bêbado veículo com alunos no Piauí

Relato de uma estudante apontou que o carro esteve a ponto de virar por duas vezes.

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

Alunos residentes na zona rural do município de Domingos Mourão passaram por momentos de medo e terror na noite da última sexta-feira (19), ao serem transportados, na volta pra casa, por um motorista supostamente embriagado que dirigia uma Toyota Bandeirantes, de propriedade da Prefeitura. O fato registrado em um vídeo pelos próprios estudantes.

O veículo substituía o ônibus escolar que quebrou. Mais de 15 alunos foram transportados em cima da carroceria pelo motorista conhecido como “Antônio do Pote” que, segundo depoimentos, desenvolveu velocidade incompatível pondo em risco a integridade de todos.

Relato de uma estudante aponta que o carro esteve a ponto de virar por duas vezes. “O carro balançava muito por conta do excesso de alunos, da velocidade e por causa do caminho também e quando reclamamos do excesso de velocidade, ele falou que quem quisesse ir devagar que fosse a pé, que com ele tinha de ser do jeito dele”, disse uma estudante.

Após o terror vivenciado, alguns alunos seguiram a pé e outros tiveram que esperar carona. Muitos postaram nas redes sociais que chegaram em casa por volta de duas horas da manhã.

O município de Domingos Mourão é administrado pelo prefeito Júlio César Barbosa Franco (PTB). O GP1está em posse dos vídeos e a disposição do Ministério Público para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

Assista ao vídeo

Outro lado

Procurada pelo GP1 na tarde desta segunda-feira (22), a secretária municipal de Educação negou a informação de que o motorista estava embriagado. "O motorista que foi deixar os alunos foi o do prefeito, porque o ônibus escolar estourou o pneu na sexta-feira. Como a gente teve esse problema, o outro ônibus que tínhamos de reserva foi deixar uma parte dos alunos e tivemos que mandar um outro carro, que o motorista foi deixar e fez a entrega normal em casa. Não procede essa informação de que ele estava embriagado", esclareceu Érica.

Mais conteúdo sobre: