Brumadinho - MG

Perita do Piauí é enviada para identificar vítimas em Brumadinho

Maria Rosimere irá auxiliar na parte de coleta de material genético dos familiares das vítimas, mas ainda vai visitar Brumadinho e outras cidades afetadas.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí enviou, nesta semana, a perita criminal Maria Rosimere Xavier, de 34 anos, da Polícia Civil do Estado, para auxiliar nos trabalhos de identificação de vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho – MG, que aconteceu na tarde do dia 25 de janeiro deste ano.

Conforme o Instituto Médico Legal de Teresina, a profissional ficará em Minas Gerais por um período de dez dias e irá atuar no IML de Belo Horizonte, para onde estão sendo levados os corpos encontrados. Maria Rosimere irá auxiliar na parte de coleta de material genético dos familiares das vítimas, mas ainda vai visitar Brumadinho e outras cidades afetadas pelo rompimento da barragem.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilPerita criminal em BrumadinhoPerita criminal em Brumadinho

A perita também vai ajudar na elaboração do relatório no DVI (Disaster Victims Identification) relacionados a desastres em massa. A profissional chega no Piauí no dia 16 de fevereiro. Vale ressaltar que o Corpo de Bombeiros do Piauí se colocou à disposição para enviar, caso seja solicitado, cerca de 70 homens para ajudar nas buscas dos desaparecidos na tragédia de Brumadinho.

Tragédia

No dia 25 de janeiro de 2019, uma barragem da mineradora Vale na Mina Feijão, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, se rompeu. Ela tinha volume de 1milhão de m³ de rejeitos de mineração. Para efeito de comparação, a barragem da Samarco que em 2015 se rompeu, soterrando o distrito de Bento Rodrigues e matando 19 pessoas, tinha 50 milhões m³ de rejeitos.

De acordo com os dados atualizados pela Defesa Civil, 142 pessoas morreram com o rompimento da barragem. Até o momento, há 194 desaparecidos e 103 pessoas desabrigadas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vale se recusa a assinar termo com ações emergenciais para Brumadinho

Número de mortos chega a 142 após desastre em Brumadinho

STJ manda soltar engenheiros presos após tragédia em Brumadinho