Corrente - PI

Prefeito Gladson Murilo libera parte do comércio em Corrente

O prefeito permitiu o funcionamento de drogarias, farmácias, clínicas médicas e laboratórios, supermercados, mercearias, estabelecimentos de pet shop, entre outros.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O prefeito de Corrente, Gladson Murilo, publicou decreto no Diário dos Municípios no dia 28 de abril, permitindo o funcionamento de parte das atividades econômicas na cidade. Por outro lado, o gestor manteve a suspensão das atividades educacionais em escolas, creches, universidades e faculdades da rede de ensino pública e privada, até o dia 15 de maio, devido à pandemia de coronavírus (covid-19).

Gladson Murilo permitiu o funcionamento de drogarias, farmácias, clínicas médicas e laboratórios, supermercados, mercearias, estabelecimentos de pet shop, serviços de internet, venda de alimentos, indústria da construção civil, comércio a varejo de automóveis, comércio varejista e especializado em equipamentos de telefonia, comunicação e informática, óticas, templos religiosos, academias com atendimento individualizado, floriculturas com entregas em domicílio, salões de beleza com atendimento prévio, além de empresas que firmem instrumentos de cooperação com o município.

  • Foto: Diário Oficial dos MunicípiosAtividades econômicas liberadas em CorrenteAtividades econômicas liberadas em Corrente

    Os serviços que vão estar em funcionamento devem atuar com equipe reduzida e com obediência em relação as regras sanitárias. As pessoas residentes em Corrente que chegarem ao município, vindas de cidades ou países com alta incidência de casos confirmados do novo coronavírus, devem manter isolamento domiciliar e preventivo pelo prazo de 14 dias, sob pena de multa e enquadramento no crime de propagação de doença contagiosa.

    • Foto: Facebook/Iracema PortellaGladson MuriloGladson Murilo

    Em relação a rede municipal de ensino, o prefeito determinou que os alimentos destinados a merenda escolar e de creches, durante o período de suspensão das aulas da rede pública de ensino, deverão ser destinados ao combate da fome, atendendo critérios de distribuição adotados pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura, estabelecidos pelo Conselho de Alimentação Escolar (CAE) e Conselho Municipal de Educação (CME).

    As unidades escolares da rede privada de ensino do município de Corrente poderão adotar a antecipação do recesso ou férias escolares, a critério de cada unidade. Também ficam suspensas até o dia 15 de maio as atividades culturais, de lazer, esportivas, jogos, shows, festas públicas e particulares, funcionamento de bares, casas de shows, entre outros.

    NOTÍCIAS RELACIONADAS

    Gladson Murilo mantém funcionamento mínimo do comércio em Corrente

    Prefeito Gladson Murilo decreta situação de emergência após chuvas